Corinthians marca gol decisivo no fim e se sagra Tricampeão Paulista Feminino 

Foto de capa: Reprodução/Twitter Corinthians.

Por Matheus Carvalho

Novo campeonato, mesmo campeão. O Corinthians venceu o São Paulo por 3 a 1 na Neo Química Arena com recorde de público de mais de 30 mil torcedores e sagrou-se Tricampeão Paulista Feminino. Gabi Zanotti marcou duas vezes no primeiro tempo, Naná diminuiu em falha da defesa, e Adriana desafogou o grito de campeão nos minutos finais. As brabas entram na história como primeiro clube feminino a conquistar a Tríplice Coroa no Brasil. 

O jogo 

A missão era complicada. Em desvantagem após perder a partida de ida por 1 a 0, o Timão precisava vencer por dois gols de diferença para ser campeão. O Tricolor, por sua vez, deu uma ajudinha, sendo totalmente apático nos primeiros 45 minutos. 

O Corinthians dominou o primeiro tempo do início ao fim. Após chegadas tímidas, abriu o placar na insistência com Gabi Zanotti aos 25 minutos em belo chute colocado na entrada da área. Empurrada pela torcida, a equipe não demorou para ampliar o placar. 

Aos 33, Campiolo começou a jogada na defesa, a bola passou da direita para a esquerda em toques rápidos, até encontrar Tamires no bico da grande área, que, de primeira, cruzou rasteiro para Gabi Zanotti, de carrinho, fazer o segundo. 

Gabi Zanotti comemora um de seus gols na Neo Química Arena
Crédito: Rodrigo Gazzanel/Corinthians.

As brabas não davam chances às adversárias. Até o 2 a 0, o Tricolor só tinha finalizado com um chute tímido de Gláucia por cobertura, mas que nem foi em direção ao gol. Diany quase ampliou em chutes de fora da área. Até que um erro bobo colocou emoção na grande final. No último minuto, Campiolo recuou para a goleira Natascha, que errou o passe, e a bola sobrou nos pés de Naná. Ela entrou na área e diminuiu o placar para 2 a 1. 

A segunda etapa foi mais equilibrada. O São Paulo voltou mais ligado, e Gláucia chegou a acertar o travessão após escanteio aos 29 minutos. A partida caminhava para os pênaltis, a tensão ia aumentando, até o desafogo de Adriana aos 45 minutos. 

No contra-ataque, Poliana recebeu pela direita, cruzou na área para Vic Albuquerque, com um toque sutil, ajeitar para Adriana, que veio de trás e chutou forte para vencer a goleira Carla e tornar o Corinthians Tricampeão Paulista Feminino. 

Tríplice coroa 

A conquista do Tri Estadual já é um feito e tanto, mas o título selou um ano perfeito do Corinthians e algo que nenhum clube feminino no Brasil tinha feito antes. O Timão conquistou os três títulos mais importantes do calendário de clubes. Campeão da Copa do Brasil, Campeão da Libertadores da América e agora Campeão Paulista.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s