Lewis Hamilton vence mais uma e fica próximo de conquistar título da temporada

Por Raphael Brandão

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou ontem(1), o Grande Prêmio da Emilia-Romagna de Fórmula 1, em Ímola, na Itália. O piloto conquistou sua 93ª vitória na Fórmula 1 e ficou mais próximo de empatar o recorde de sete títulos de Michael Schumacher. 

Com essa vitória o hexacampeão abriu 85 pontos de vantagem com 104 em jogo e garantiu o título de construtores da Fórmula 1 à Mercedes. Foi a sétima conquista consecutiva da marca alemã que empatou com o recorde da Ferrari.

“As pessoas que assistem em casa podem pensar que estamos acostumados com isso, mas participar da quebra de um recorde como esse é incrível”, comentou o piloto após o fim da corrida. Hamilton pode conquistar seu sétimo titulo ficando até a terceira posição ou quarta, se ganhar ponto extra pela volta mais rápida.

O piloto pode ser campeão da temporada 2020 no próximo GP, na Turquia / Foto: AFP

A corrida começou eletrizante, Hamilton que tinha largado em segundo, logo perdeu sua posição para Max Verstappen, ficando em terceiro lugar, atrás de Valtteri Bottas, que largou na pole e de Verstappen. Outro que começou a corrida bem foi Daniel Ricciardo que pulou para a quarta posição. O pit stop foi um momento decisivo na corrida.

Na disputa pelo pódio, Verstappen foi o primeiro a ir para os boxes e na volta seguinte foi à vez de Bottas. Hamilton resolveu não trocar os pneus e com isso assumiu a liderança. Nas voltas seguintes o britânico contou com a sorte e suas habilidades para acelerar e manter a liderança. Fez a volta mais rápida da prova mais de uma vez e abiu grande vantagem em relação aos outros.

O atual campeão aproveitou o safety car virtual, fez sua parada para troca dos pneus e ainda voltou na liderança. Max Verstappen que era o segundo colocado deixou a corrida depois de ter seu pneu furado. Além dele, os pilotos Russel, Gasly, Ocon e Magnussen também não terminaram. Verstappen está matematicamente fora da luta pelo título. 

Valtteri Bottas, companheiro de equipe de Hamilton, é o único com chances matemáticas de tirar a taça do britânico e apesar de ter começado em primeiro, ficou com a segunda colocação. Daniel Ricciardo, da Renault, ficou em terceiro. Daniil Kvyat da AlphaTauri  ficou com o quarto lugar, logo à frente de Charles Leclerc (Ferrari) e Sergio Pérez (Racing Point). Carlos Sainz (McLaren), Lando Norris (McLaren), Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) e Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) completaram o top 10.

Com essa corrida Lewis Hamilton está mais próximo do que nunca de mais um título e mais um recorde. O próximo compromisso dos pilotos será no GP da Turquia que acontece no dia 15 de novembro no Circuito de Istambul.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s