A Liga dos Campeões está de volta

Por Idries Bulkool Bernstein

A fase de grupos da UEFA Champions League está de volta para a temporada 2020/21, com início na próxima terça-feira, 20 de outubro, e previsão de conclusão no dia 8 de dezembro. Com a definição dos classificados, a partir de 2021 os confrontos de mata-mata começam visando a final em Istambul no dia 29 de maio. 

Depois de uma edição conturbada, por causa do coronavírus, com maratona de jogos nas fases finais, a próxima edição da mais cobiçada taça europeia voltará ao formato que o torcedor se acostumou a assistir. Vale ressaltar que o público, até o momento, não está liberado a assistir aos jogos na arquibancada, embora algumas ligas, como a alemã, já demonstrem uma volta gradual no cenário nacional. Por outro lado, as cinco substituições em três paradas, medida provisória adotada pela FIFA, será mantida por mais esta edição. 

Com uma distância maior entre os jogos, principalmente durante as fases eliminatórias finais, a competição não será tão prejudicada como a anterior, indicando ainda uma alta intensidade e quantidade de gols. Um forte indício dessa previsão pôde ser visto já nas fases preliminares do torneio, que apresentou um total de 142 gols. Agora com a entrada de times ainda mais qualificados, a média de 2,78 gols por jogo pode aumentar. 

Foto: Getty Images

Vai e vem verde e amarelo 

A Liga dos Campeões pode servir de ótimo cartão de visitas para vários brasileiros em busca de afirmação na Europa ou como chance de conquistá-la depois de tantos anos. Várias joias da base foram para Europa, enquanto outros, mais veteranos, trocaram de time por lá mesmo, então vale ficar de olho em todos eles durante a competição.  

Para botafoguenses, vai ser a oportunidade de ver a joia Luís Henrique ganhar espaço no Olympique de Marseille. Aos tricolores, Evanílson pode participar de sua primeira Champions pelo time português do Porto. Por fim, embora já mais distante, os flamenguistas têm motivos para torcer por Reinier, que trocou o Real Madrid pelo Borussia Dortmund e pode ser um bom destaque no clube alemão. 

Quanto aos veteranos, é a chance de ver mais uma vez Neymar ir em busca pela tão sonhada taça para o Paris Saint-Germain. O time francês não contará com o zagueiro Thiago Silva para a temporada, agora jogador do Chelsea. Arthur saiu do Barcelona e vestirá a camisa da Juventus, antigo clube de Douglas Costa. Este, por sua vez, firmou sua volta ao campeão Bayern de Munique, em busca do bom futebol que apresentou quando passou pelo clube. 

Menção Honrosa 

Ao que tudo indica, vai ser difícil algum jogador em atividade conseguir ultrapassar os 131 gols marcados até agora por Cristiano Ronaldo. Tampouco as 115 vezes que Lionel Messi balançou as redes. Contudo, a briga para completar o top-3 de jogadores com mais gols marcados na Champions promete ser boa.  

Os 71 gols do ex-jogador Raúl González podem ser superados já nesta edição da competição. Robert Lewandowski conta atualmente com 68 tentos e uma sede sem fim por marcar gols, não à toa terminou a edição passada na artilharia com 15 gols. Logo atrás está Karim Benzema, com 65 gols e ainda com chances de ultrapassar o espanhol Raúl. Os dois já tem 32 anos e a regularidade pode ser um fator determinante, embora os números do craque francês não sejam tão expressivos quanto os do polonês. 

Participantes de luxo 

Quanto ao número de participações em jogos da UEFA Champions Leagueo recorde de 181 jogos, detido por Iker Casillas, pode ser quebrado. Essa marca poderá ser ultrapassada justamente pelo ex-companheiro de Real Madrid, Cristiano Ronaldo, que possui hoje 174 jogos na competição europeia. Considerando que o craque português jogue todas as partidas da fase de grupos, ele ficaria a apenas um jogo de igualar a marca. Lionel Messi corre por fora, mas não tão distante dos dois, com 143 jogos no total. O resultado final desta contagem, para a alegria de muitos fãs, só será visto quando os dois maiores jogadores em atividade decidirem se aposentar. 

Crédito: Divulgação/Instagram

Destaques da primeira rodada 

A fase de grupos começa nesta terça-feira (20) com grandes jogos para abrir a primeira rodada do torneio. Destaque para o confronto entre Paris Saint-Germain e Manchester United, no Parc des Princes, em Paris. O atual campeão da Europa League, o Sevilla viaja para enfrentar o Chelsea em Londres, enquanto a Lazio recebe os alemães do Borussia Dortmund, em Roma. A Juventus de CR7 e o Barcelona de Messi terão confrontos mais tranquilos, contra Dinamo Kiev e Ferencváros, respectivamente. 

Na quarta-feira (21) é a vez dos grupos A, B, C e D. O atual campeão Bayern de Munique recebe o Atlético de Madrid, de Diego Simeone. Outros fortes candidatos ao título terão estreias mais tranquilas. É o caso do Real Madrid e Manchester City, que recebem o Shakhtar Donetsk e Porto, respectivamente. Por fim, o Liverpool viaja para enfrentar o Ajax em Amsterdam. 

Um comentário sobre “A Liga dos Campeões está de volta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s