GIRO EM TODO LUGAR – COPA DO BRASIL

Por Gabriel Orphão, Idries Bulkool e Lucas Furtado Isaias

Aconteceram, nesta quarta-feira (11), os primeiros confrontos das quartas de final da Copa do Brasil 2020. Dentre sequência de gols relâmpago, vantagem apertada e falha determinante, nenhum jogo deixou a desejar. Os quatro jogos tiveram ao menos um gol e nenhum resultado acabou empatado, o que leva a partidas interessantes na semana que vem, quando acontecem os jogos da volta, todos também na próxima quarta (18). Vamos aos jogos: 

Flamengo x São Paulo 

Flamengo e São Paulo voltaram a se enfrentar, 10 dias após o último encontro, onde a equipe paulista venceu por 4 a 1. Antes do jogo, a torcida do Flamengo preparou uma festa incrível para receber os jogadores. Segundo a polícia militar, mais de 4 mil rubro-negros estavam presentes na Radial Oeste, em frente ao Maracanã, e fizeram a famosa “rua de fogo”. 

Torcida do Flamengo recebe time antes da partida contra o São Paulo – Crédito: 
Divulgação/Flamengo

Enquanto a partida não começava, as escalações davam o que falar. Enquanto Fernando Diniz, técnico do São Paulo, manteve praticamente toda a escalação da vitória contra o Goiás, no último sábado, o novo treinador do Flamengo, Rogerio Ceni, trouxe algumas novidades. A primeira delas, foi a volta do goleiro Diego Alves, que não atuava desde 30 de agosto, na vitória contra o Santos. Além disso, Rogerio optou por colocar, juntos, quatro jogadores muito criticados por grande parte da torcida: Os zagueiros Gustavo Henrique e Leo Pereira, e os atacantes Vitinho e Michael. 

O jogo 

O Flamengo chegou na partida com bastante confiança. Era nítido que o astral do time havia mudado com a chegada de Rogerio Ceni e isso fez com que a torcida esperasse uma vitória tranquila em cima do São Paulo. Isso aumentou ainda mais com o desempenho da equipe no primeiro tempo, onde fez oito finalizações contra zero do tricolor paulista. A equipe rubro-negra explorou bem, com ataques rápidos, especialmente com Michael e Bruno Henrique, além de uma pressão ofensiva eficiente, diferente do que acontecia com o ex-treinador Domènec Torrent.  

No segundo tempo, o São Paulo abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo, com Brenner. Uma falha do zagueiro Gustavo Henrique fez com que o passe de Gabriel Sara deixasse o atacante de 20 anos cara a cara com Diego Alves, que não teve como evitar o gol da equipe paulista. Dois minutos depois, veio a resposta da equipe carioca: Gabriel Barbosa, voltando a ser titular depois de mais de 2 meses sem jogar, recebeu um belo passe de Bruno Henrique e tocou no canto do goleiro Tiago Volpi, garantindo o empate da equipe rubro-negra. Quatro minutos após o gol, Diego Alves sentiu dores musculares e teve que deixar a partida. Foi substituído pelo jovem Hugo Souza, que vinha sendo bastante elogiado pela sua atuação nos últimos jogos. Porém, aos 42 minutos, em uma bola recuada pelo zagueiro Leo Pereira, Hugo foi pressionado pelo atacante Brenner, tentando fazer um drible para afastar a bola, mas acabou sendo desarmado pelo atacante, que marcou seu segundo gol na partida. 

Foto: Alexandre Vidal / CRF

Destaques da partida 

Os destaques da equipe do Flamengo vieram de opções ofensivas. Gabriel Barbosa e Vitinho fizeram ótimas atuações e foram bastante elogiados pelos torcedores nas redes sociais. O São Paulo foi coroado com uma bela atuação do garoto Brenner, que chegou aos 17 gols na temporada, em 26 jogos. Pela Copa do Brasil, este foi o sexto gol do atacante, em um total de 7 do time todo na competição. No jogo, o jovem promissor da base são paulina mostrou habilidade em jogadas trabalhadas pela equipe, assim como o oportunismo e atenção para roubar a bola do goleiro flamenguista e sacramentar a vitória. 

Torcedores do Flamengo elogiaram a atuação dos camisas 9 e 11 nas redes sociais – Foto: Reprodução/ Twitter

Flamengo e São Paulo voltam a se enfrentar na quarta-feira (18), às 21:30h no estádio do Morumbi. 

Cuiabá X Grêmio  

No primeiro jogo sem o técnico Marcelo Chamusca, recém contrato pelo Fortaleza, a equipe do Cuiabá perdeu para o Grêmio pelo placar de 2 a 1, na partida de ida da Copa do Brasil 2020. 

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA 

Mesmo jogando fora de casa, foi o Grêmio que propôs o jogo desde o início da partida, não à toa terminou o primeiro tempo com 65% de posse de bola. Logo aos sete minutos de jogo, Diego Souza abriu o placar, de cabeça, após lançamento de Victor Ferraz pela direita. Já aos 18 minutos foi a vez do lateral Hayner acertar um ótimo cruzamento na cabeça de Willans Santana para empatar o jogo. Chegando ao final do primeiro tempo, porém, o capitão do Cuiabá, Anderson Conceição, cometeu pênalti em cima de Pepê, convertido na sequência por Jean Pyerre. 

No segundo tempo, o Cuiabá tentou esboçar uma reação, com destaque para uma sequência de 4 lances perdidos em uma mesma jogada, aos 9 minutos. Contudo, as substituições não surtiram o efeito desejado e o rendimento do time da casa caiu, atrapalhado ainda pela forte chuva que caiu na parte final do jogo. Com o resultado, o Grêmio abriu vantagem importante para o jogo de volta, que acontece na próxima quarta (18), às 16:30, na arena do Grêmio.

Palmeiras x Ceará 

Foto: Divulgação/ Twitter Avanti Palmeiras

Em um intervalo de cinco minutos, o Palmeiras fez três gols em cima do Ceará e abriu uma grande vantagem para a partida de volta. Em um primeiro tempo sob forte chuva no Allianz Parque, em São Paulo, e com poucas finalizações, aos 34 minutos o rumo do jogo mudou após um bate-rebate na área, quando Gustavo Scarpa recebeu a bola e marcou o primeiro. Três minutos depois, após receber o cruzamento de Gabriel Veron, Raphael Veiga não desperdiçou e fez o segundo, e aos 39, Veron fez um gol fora da área e ampliou o placar para o time paulista.  

No segundo tempo, o Palmeiras administrou o resultado, apesar de ter desperdiçando uma chance de gol aos 3 minutos de etapa final e o Ceará, mesmo após quatro substituições no intervalo, teve poucas chances de finalizar. Aos 36, o árbitro Braulio da Silva Machado marcou pênalti para o time cearense após Leandro Carvalho cair na área, supostamente derrubado por Renan, mas depois ele anulou a marcação por meio da consulta ao VAR. As reclamações da cobrança causaram a expulsão do técnico da equipe palmeirense, Abel Ferreira, que está fora da segunda partida. Na súmula do jogo, Braulio relatou que ele proferiu xingamentos em sua direção durante a ida ao televisor do VAR. O Ceará, para se classificar sem necessitar de disputa de pênaltis, precisará ganhar com quatro gols de diferença no jogo de volta, na próxima quarta (18), às 19h no Castelão.

Internacional x América MG 

Foto: Estevão Germano/AméricaMG

No jogo que marcou a reestreia de Abel Braga no comando do Internacional, o time gaúcho perdeu para o América-MG por 1 a 0 com um gol de cabeça do Rodolfo aos 12 minutos do primeiro tempo. O time mineiro administrou o resultado durante todo o jogo e o Inter sofreu com a defesa do time mineiro que impediu vários ataques ao gol.  

A atual campanha do América é a melhor do clube na história da Copa do Brasil e o time, comandado por Lisca, está a um empate da classificação para a semifinal onde enfrentará o classificado do duelo entre Palmeiras e Ceará. O jogo de volta ocorrerá na próxima quarta (18), às 21h30, no Independência.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s