Botafogo encara o Foz Cataratas nas oitavas de final do Brasileirão A-2 visando a elite do futebol feminino

Por Júlia Nascimento

O Botafogo, assim como o Fluminense, é um dos representantes do Rio de Janeiro na fase de oitavas de final do Brasileirão Feminino A-2. O adversário alvinegro, nos dois confrontos classificatórios, é o Foz Cataratas, do Paraná. O primeiro jogo, para decidir quem avança às quartas do campeonato nacional, acontece neste domingo (22), às 15h, no Estádio do ABC, em Foz do Iguaçu. Já para o segundo, a bola rola no próximo sábado (28), às 15h, no Cefat, em Niterói.  

As duas equipes garantiram suas classificações à segunda fase com campanhas muito similares na fase de grupos. Foram três vitórias, um empate e uma derrota para cada lado, além dos mesmos dez pontos. A diferença em números foi em gols: pelas cariocas, 11 marcados e seis sofridos; pelas paranaenses, 13 marcados e cinco sofridos. 

Apesar do equilíbrio, o Botafogo passou para as oitavas de final na liderança no Grupo E, enquanto o Foz ficou com a vaga ocupando a terceira colocação do Grupo D. Isso porque, desde o início da competição, a chave do Glorioso foi considerada a mais complicada e, de fato, apresentou muitos empates, deixando os integrantes colados na tabela.  

A quinta e última rodada da primeira fase, que definiu os 16 times classificados, teve virada emocionante e goleada nas partidas dos adversários de agora. As meninas de General Severiano foram para o confronto contra o já eliminado Vila Nova e abriram o placar, mas viram a equipe do Espírito Santo virar o jogo para 3 a 1. Porém as alvinegras conseguiram uma nova virada impressionante em 12 minutos: 4 a 3 Botafogo, reassumindo a liderança do grupo e a classificação. As autoras dos gols foram Gaby, Karen (duas vezes) e Karol Lins pelas cariocas; Lívia, Gabi Ferreira e Larissa pelas capixabas. 

Botafogo classificado às oitavas após virada sobre o Vila Nova – Foto: Reprodução/Instagram Botafogo Feminino

Já as meninas de Foz do Iguaçu receberam a também já eliminada equipe do Serc, do Mato Grosso do Sul. O jogo não chegou a ter emoção, mas teve classificação com estilo: vitória do Foz pelo elástico placar de 5 a 0 ainda no primeiro tempo. As responsáveis pela goleada foram Jaqueline (duas vezes), Teté, Jessica e Carol Carioca.

Foto: Reprodução

Camisa 10 da equipe do Botafogo, Vivian Cardoso, falou, com exclusividade, para o Em Todo Lugar sobre a campanha do time até aqui e as expectativas tanto para as oitavas de final, quanto para o campeonato. Na edição passada, o Glorioso parou na primeira fase do Brasileirão Feminino A-2. Já nesta, avançou em primeiro do grupo. Vivian, que também é formada em Educação Física, atribui a diferença de desempenho à dedicação e ao investimento do clube. 

Vivian joga com a 10 alvinegra e está confiante para as oitavas de final – Foto: Reprodução

“Acredito que, com o tempo de trabalho, a evolução foi acontecendo. Claro, chegaram muitas peças boas que, junto com meninas que disputaram o Brasileiro de 2019, resultam em um bom desempenho na competição deste ano”, opina. 

A jogadora valoriza ainda mais a classificação pela forma como foi, em uma chave muito disputada. 

“Desde o primeiro momento, sabíamos que não seria fácil, não à toa que era conhecido como “grupo da morte”. Nós vínhamos trabalhando forte desde o início da pandemia com o intuito de fazer uma excelente campanha, consequentemente isso fez com que tivéssemos bons resultados para nos garantir na liderança do grupo”, afirma. 

Quanto ao adversário das oitavas, de números tão similares, ela faz questão de elogiar, mas garantir que as alvinegras estão preparadas.  

“As expectativas são de um bom jogo, Foz Cataratas é uma excelente equipe e de tradição na modalidade. Fizemos uma semana de trabalho muito boa e estamos confiantes que vamos ter um bom desempenho”, enfatiza.  

Já em relação ao objetivo do Botafogo no campeonato, Vivian deixa claro que a equipe quer brigar pelo título, apesar de a prioridade ser outra. A camisa 10 também reflete sobre o crescimento do futebol feminino. 

“Nosso primeiro objetivo desde o princípio é o acesso à elite, mas isso não quer dizer que não visamos o título também. Todo campeonato que o Botafogo disputa é para brigar para ser campeão. E, junto a isso, a evolução da modalidade acontece de forma gradativa, e nós, atletas, somos responsáveis também pelo desenvolvimento da mesma”, conclui. 

Fluminense vence o jogo de ida pelas oitavas do Brasileiro Feminino A-2 – Foto: Reprodução

Dois duelos deram início às disputas das oitavas de final neste sábado (21). O Bahia derrotou o Athletico-PR pelo placar de 3 a 1, em Curitiba, e construiu boa vantagem para o jogo de volta, em Salvador, no próximo sábado (28), às 15h. O Fluminense, o outro representante carioca, venceu o Fortaleza por 1 a 0, no Estádio de Laranjeiras, aproveitando o fator casa. A segunda e decisiva partida acontece também no próximo sábado (28), às 15h, no Raimundão, Ceará.  

O Tricolor carioca garantiu sua vaga ficando entre os quatro melhores terceiros colocados, no Grupo F. Na última rodada, recebeu as gaúchas do Brasil de Farroupilha e conquistou uma vitória convincente pelo placar de 3 a 0. Letícia Ferreira, Fernanda e Rayane anotaram os gols. O time de Laranjeiras também foi procurado para falar sobre sua campanha na fase de grupos e a expectativa para os dois jogos das oitavas contra o Tricolor de Aço, entretanto não tivemos retorno.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s