Dupla olímpica Ágatha e Duda fecham temporada com o terceiro título em cinco possíveis do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 2020 e se isolam na liderança do ranking nacional

Por Armando Edra e Rodrigo Glejzer

Entre os dias 03 e 06 de novembro, ocorreu a quinta e última etapa de 2020 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia (CBVP). Marcada pelos protocolos contra a Covid-19, a competição novamente foi realizada sem a presença do público dentro do Centro de Desenvolvimento de Vôlei (CDV) em Saquarema. Contudo todos os jogos foram, outra vez, transmitidos tanto pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), através do site Vôlei de Praia TV nas fases de qualifying e quartas de final, como pelo SporTV, semi e final.  

A etapa iniciou na quinta-feira (03), pelas disputas do qualifying entre 22 duplas pela chance de entrar na fase de grupo e enfrentar as 16 melhores equipes ranqueadas nacionalmente. Rafaela/Jéssica (PA/PA), Flávia Moura/Bárbara Ferreira (RJ/RJ), Ana Luiza/Victoria “Tory” (SC/CE), Thainara/Carol Cavalheiro (RN/PR), Izabel/Teresa (PA/DF), Paula Hoffmann/Cris (RJ/SP), Fabrine/Sandressa (BA/AL) e Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS) venceram seus confrontos e se garantiram na fase de grupos. Com as classificações definidas, as atenções se voltaram para as atuações das principais concorrentes: Ana Patrícia/Rebecca e Agatha/Duda. Empatadas em primeiro lugar com 760 pontos, cada uma com duas vitórias no Circuito, a quinta etapa seria o desempate entre as duplas olímpicas pelo título brasileiro. 

O dia seguinte (04) seria marcado pela disputa nas chaves, tendo destaque para a classificação com tranquilidade das favoritas Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Agatha/Duda (PR/SE), com duas vitórias sem nenhum set cedido. Coladas nas líderes do ranking e se mostrando como suas principais rivais no CBVP, Thamela/Elize Maia (ES/ES) e Talita/ Carol Solberg (AL/RJ) também venceram seus jogos por 2 a 0 e se indicaram aptas para continuarem a fazer frente às duplas olímpicas. Vale também ressaltar que a dupla Bárbara Seixas/Rupia (RJ/MG) voltou a repetir as boas atuações, ganhando as partidas sem ceder set, e novamente ficou entre as quatro melhores classificadas para as oitavas de final. Completam as vagas Tainá/Victoria (SE/MG), Josi/Juliana (SC/SE), Aline/Neide (SC/AL), Hege/Angela (CE/DF), Val e Vivian (RJ/PA), Ana Luiza/Victoria “Tory” (SC/CE), Taina/Paula Pequeno (CE/SP), Juliana Simões/Cacá Richa (PR/RJ), Andressa/Vitória (PB/RJ), Solante/Verena (DF/CE) e Rafaela/Jéssica (PA/PA).  

Rupia e Barbara Seixas durante parada técnica em uma de suas partidas – Foto: William Lucas/Inovafoto/CB

As oitavas de final aconteceram ainda na tarde de sexta-feira (04), começando pela vitória de Ana Patrícia/Rebecca sobre Juliana Simões/Cacá Richa, por um tranquilo 2  a 0 (21/11, 21/14); e com Agatha/Duda eliminando com folga Andressa/Vitória pelo mesmo placar (21/16, 21/13). Thamela/Elize Maia e Talita/ Carol Solberg continuaram em sua busca para desbancar a hegemonia olímpica do Circuito ao derrotarem, respectivamente, Val/Vician e Rafaela/Jéssica sem conceder nenhum set às adversárias.  

As quartas também voltaram a contar com a ilustre presença da multicampeã nas quadras Paula Pequeno que, junto a Taiana, conseguiu bater Josi e Juliana por um inesperado 2 a 0 (21/19, 21/17). Importante porque Pequeno e Taiana vinham de seguidos resultados ruins, conseguindo passar dos grupos só na quarta fase do circuito e sendo eliminadas logo em seguida, enquanto Josi e Juliana vinham, frequentemente, disputando as fases finais, inclusive sendo finalistas na primeira etapa. Outra surpresa fica por conta da derrota da dupla Bárbara Seixas/Rupia para Hege/Angela, após começar vencendo a partida (21/19), mas não conseguir manter o ritmo e sofrer a virada nos sets seguintes (19/21, 18/20). As últimas vagas ficaram com Tainá/Victoria e Aline/Neide.  

Na manhã de sábado (05), deu-se a disputa das quartas de final. Depois de conquistarem a sua oportunidade de continuar avançando em busca do primeiro pódio na temporada, Paula Pequeno e Taiana teriam que passar pela pedreira Ana Patrícia e Rebecca. Apesar de prometerem fazer jogo duro, Pequeno e Taiana não foram páreo para as atuais líderes do ranking e acabaram derrotadas por 2 a 0 com parciais de 21/12 e 21/16. O embate seguinte colocou frente a frente Thamela e Elize Maia contra Tainá e Victoria, com vitória de virada da primeira dupla após intenso confronto fechado em 2 a 1 (19/21, 21/16, 23/21) com ace de Thamela no tie-break. Se Ana Patrícia e Rebecca não tiveram dificuldade para avançar de fase, o mesmo não pode ser dito de Agatha e Duda após elas padecerem bastante, tendo inclusive que vencer no set de desempate para sobrepujarem Aline e Neide por 2 a 1 (21/18, 18/21, 15/12). Depois de duas pelejas acirradas, coube a Talita e Carol Solberg conterem Hege e Angela de forma mais segura ao aplicarem um 2 a 0 inapelável (21/15, 21/14).  

À tarde, ocorreram as semifinais com Ana Patrícia e Rebecca enfrentando Thamela e Elize Maia. Sem sustos, as nossas representantes em Tóquio marcaram 2 sets a 0 (21/18, 21/10) e voltam a disputar uma final após o terceiro lugar na etapa passada. O outro encontro em busca da decisão teve Agatha e Duda encarando Talita e Carol Solberg. Finalistas da quarta etapa e posando como terceira força do vôlei de praia feminino, Talita e Solberg começaram a partida irreconhecíveis e acabaram levando um atropelo de Agatha e Duda, que fecharam o primeiro set em 21 a 9. Mais concentradas, a alagoana e a carioca até conseguiram equilibrar o jogo durante boa parte do segundo set, mas não seguraram o ímpeto de uma das mais fortes duplas do CBVP e acabaram tendo que se contentar com a disputa de terceiro lugar ao perderem o set por 21 a 18.   

Rebecca encarando bloqueio de Elize Maia – Foto: Foto: William Lucas/Inovafoto/CB

O domingo (06) começou com a disputa do bronze que teve Elize Maia e Thâmela como vencedoras inéditas da medalha. A dupla capixaba chegou às semifinais pela primeira vez na etapa passada, mas desta vez subiu um degrau ao alcançar um lugar no pódio. Elas venceram Talita e Carol Solberg (AL/RJ) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/18). A medalha foi a primeira da jovem Thâmela, de 20 anos, que comemorou bastante a conquista.  

Elize e Thâmela se abraçam após conquistarem o terceiro lugar – Foto: William Lucas/Inovafoto/CB 

“Estou muito feliz, viemos de um ano muito difícil, ficamos paradas quase sete meses. E poder voltar a competir, fazer o que amamos, é sensacional. E estou começando ainda no cenário nacional, uma equipe nova, ainda em construção. Eu sempre me inspirei muito na Carol Solberg e na Talita, então vencer esse jogo é um sonho, estou bastante feliz”, disse Thâmela, eleita a craque da partida por votação popular, para a reportagem da CBV. 

Na final da última etapa da temporada, as duplas olímpicas Ágatha/Duda (PR/SE) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) se enfrentaram pela terceira vez na disputa pelo ouro e, diferente das outras duas partidas, desta vez deu Ágatha e Duda que venceram por 2 sets a 0 (21-18 e 21-17) em partida marcada por uma incrível reação das campeãs no primeiro set e pelos primorosos pontos de saque de Duda, que renderam a ela o título de craque da partida, encerrando o ano da dupla na liderança isolada do ranking nacional. 

Marcos Char, Duda. Ágatha e Renan Rippel comemoram terceiro título na temporada – Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV 

“Foi um ano desafiador para todos. Vivemos a dificuldade do ano, tivemos momentos de angústia. Mas conseguimos ‘virar a chave’ e voltamos a treinar com uma energia boa e com o objetivo bem ousado. E, do mesmo modo que demos o nosso máximo em todas as etapas, é difícil manter esse ritmo, nessa época do ano já estaríamos diminuindo o nosso giro. E desta vez foi diferente, tivemos que aumentar ainda mais o ritmo nessa reta final, conseguimos o ouro e o primeiro lugar no ranking, então estamos muito satisfeitas e vamos tirar uns dias de férias para voltarmos renovadas em 2021”, avaliou Ágatha ao Sportv. 

Após a disputa do torneio feminino nesta semana, o torneio masculino será disputado na sequência, entre os dias 10 e 13 de dezembro. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s