Semifinais do Brasileirão Feminino A-2: Botafogo sofre empate do Bahia nos acréscimos, e Real Brasília-DF x Napoli-SC termina sem gols

Por Júlia Nascimento 

Pelos jogos de ida das semifinais do Brasileirão Feminino Série A-2, Botafogo x Bahia e Real Brasília-DF x Napoli-SC ficaram em empates neste domingo (10), e nenhum dos times conseguiu levar vantagem no placar para suas partidas de volta. As grandes finalistas serão, então, definidas daqui a uma semana. As Meninas de General Severiano, únicas representantes do Rio de Janeiro nesta fase da competição, chegaram perto de levar uma vitória para Salvador, mas acabaram saindo de campo com um gosto amargo.  

Pode-se dizer que cada etapa do confronto no Nilton Santos foi de maior domínio de uma das equipes. No primeiro tempo, as Meninas de Aço já começaram com atitude, postando marcação alta e chegando na área adversária. O jogo era de bastante marcação nas intermediárias e faltas, mantendo tais características ao longo dos 90 minutos. O Bahia tinha maior posse de bola, ocupava mais o campo de ataque e conseguia melhores trocas de passe pelo meio. Já o Botafogo tentava adiantar as linhas para aumentar sua posse e conseguir pressionar no setor ofensivo.  

As goleiras apenas foram trabalhar a partir dos 20 minutos, quando houve uma sequência de oportunidades para os dois lados. E a partida seguia com relativa superioridade do Esquadrão, com mais posse e qualidade ofensiva, além de permanecer pressionando a saída de bola alvinegra. Mas o Glorioso também tentava, sem recuar, subindo principalmente pelo lado esquerdo e levando perigo nas cobranças de falta.  

A segunda etapa já demonstrou sua reversão de superioridade nos minutos iniciais. O Botafogo foi quem começou melhor e com atitude ofensiva, também indo bem na marcação à frente da sua área. O Bahia tentava subir a marcação na tentativa de retomar posse e pressão no ataque, mas pouco conseguiu durante os 45 minutos finais. As jogadoras baianas passaram a sentir a parte física, com muitas cãibras, antes do esperado. Apesar da evolução das gloriosas após o intervalo e do domínio do jogo, ambas as equipes não conseguiam um bom número de finalizações, principalmente perigosas.  

Até que, já aos 40 do segundo tempo, em um contra-ataque certeiro, Driely encontrou bem a companheira Kelen, que subiu sozinha pelo corredor direito, invadiu a área, preferiu fazer o passe para trás, e a artilheira Karol Lins não desperdiçou a oportunidade, abrindo o placar e talvez garantindo vantagem do Botafogo para o jogo de volta. Gol importante também por ser contra a melhor defesa do campeonato até então. 

Karol Lins comemorando após marcar para o Botafogo – Foto: Syllas Brito/Botafogo Futebol Feminino 

Entretanto os últimos minutos guardavam ainda mais emoção. Nos acréscimos, aos 46, pênalti a favor do Bahia, cometido por Kelen. Gio foi para a cobrança, Rubi chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o precioso gol de empate das Meninas de Aço: 1 a 1 e sem vantagens para o decisivo jogo de volta em Salvador.  

Gio converteu o pênalti que deu o empate ao Bahia nos acréscimos – Foto: Marcelo Melo/Esporte Clube Bahia 

Na outra semifinal, Real Brasília-DF e Napoli-SC também deixaram tudo para o segundo jogo do confronto que define um dos finalistas do Brasileirão Feminino A-2. No estádio Defelê, localizado na capital federal, os times não saíram do 0 a 0. O jogo foi de poucas chances reais e finalizações: 8 a 3 a favor das mandantes. Porém quem chegou mais perto de sair com a vitória foi a equipe visitante, que desperdiçou uma cobrança de pênalti aos 25 minutos do primeiro tempo (Júlia acertou a trave, colocou para dentro no rebote, mas o gol foi anulado por dois toques da jogadora no lance). A vaga na grande final da competição, então, também será das vencedoras do jogo de volta, em Santa Catarina.  

Real Brasília-DF e Napoli-SC empataram sem gols no primeiro jogo da semifinal – Foto: Gustavo Pontes/Real Brasília 

As duas partidas decisivas acontecem no próximo domingo (17). Bahia e Botafogo se enfrentam às 16h na Arena Fonte Nova, enquanto Napoli-SC e Real Brasília-DF medem forças às 15h30 no Carlos Alberto Costa Neves, na cidade catarinense de Caçador. Os quatro já estão garantidos na elite do futebol feminino nacional para a temporada de 2021, a Série A-1, entretanto ainda querem mais uma conquista pertencente a 2020: o título da A-2.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s