Brasileirão Feminino 2021: tudo o que você precisa saber

Foto da capa: Lucas Figueiredo / CBF

Por Thalis Nicotte

Elas estão prontas! Neste sábado, dia 17 de abril, começa o Campeonato Brasileiro Feminino Série A1. São 16 equipes na disputa: Corinthians (atual campeão), Avaí/Kindermann, Palmeiras, São Paulo, Santos, Internacional, Ferroviária, Grêmio, Flamengo, Cruzeiro, São José, Minas Brasília, e as quatro equipes que ascenderam da Série A2, Napoli-SC, campeão da segunda divisão, Botafogo, Bahia e Real Brasília. 

Vem aí o Brasileirão Feminino. Crédito: Infoesporte 

 

Modelo de disputa 

Na primeira fase do torneio, as equipes disputam em formato de pontos corridos. Serão 15 rodadas ao todo. Oito equipes avançam para as quartas de final e, a partir daí, as partidas são de mata-mata, com jogos de ida e volta. Os  primeiros colocados jogam a segunda partida como mandante. As quatro equipes com pior pontuação serão rebaixadas à Série A2. 

Os duelos das quartas de finais serão:  

1º colocado x 8º colocado  
2º colocado x 7º colocado  
3º colocado x 6º colocado  
4º colocado x 5º colocado  

Para definir o mando de campo nas semifinais e finais, o critério utilizado é quem somou mais pontos ao longo de todas as fases da competição. Caso haja empate, entram os critérios de desempate: maior número de vitórias no campeonato e maior saldo de gols.  

As disputas ficaram definidas como:  

Semifinal 1: vencedor entre 1º e 8º colocado x vencedor entre 4º e 5º colocado  
Semifinal 2: vencedor entre 2º e 7º colocado x vencedor entre 4º e 5º colocado  

No caso de empates nas fases mata-mata, o desempate é feito através do maior saldo de gols e depois disputa de pênaltis. Os dois finalistas do torneio têm vaga garantida na Libertadores 2022. A CBF não divulgou o valor de premiação da competição. No ano passado, o Corinthians recebeu cerca de R$ 180 mil (para efeito de comparação, esse valor corresponde a 0,5% da premiação total do Brasileirão Masculino que gira em torno de R$ 33 milhões).  

Campeões do torneio 

Desde 2013, a competição é organizada pela CBF e passou a ser realizada anualmente. Das oito edições disputadas, sete foram conquistadas por paulistas: 

2013 – Centro Olímpico 
2014 – Ferroviária 
2015 – Rio Preto 
2016 – Flamengo 
2017 – Santos 
2018 – Corinthians 
2019 – Ferroviária 
2020 – Corinthians

O Timão venceu a última edição do torneiro. Crédito: Divulgação/Corinthians

 

Pequenos avanços 

Essa edição da competição traz novidades importantes. A primeira delas é relacionado ao número de treinadoras mulheres comandando as equipes. Em 2021, teremos quatro: Carine Bosetti (Napoli), Chris Lessa (Santos), Patrícia Gusmão (Grêmio) e Lindsay Camila (Ferroviária), atual campeã da Libertadores. 

Outra boa notícia fica por conta da profissionalização dos clubes. Segundo a CBF, 11 das 16 equipes já assinam a carteira de todas as jogadoras, portanto, são 100% profissionais.  

Transmissão 

A TV Bandeirantes detém os direitos de transmissão da competição em TV aberta e exibe uma partida por rodada. A CBF TV, através da plataforma Mycujoo, também transmite a maior parte dos jogos na internet. 

A grande novidade desta temporada é a entrada do Desimpedidos. O canal do YouTube exibe uma partida por rodada com exclusividade. Alguns veículos de mídia chegaram a noticiar que o SporTV havia fechado acordo para transmissão das partidas mas, até o fechamento dessa reportagem, não houve oficialização por parte do Grupo Globo. 

Desta forma, a primeira rodada do Brasileirão ficou desmembrada assim: 

Sábado, 17/04 

17h – São Paulo x Grêmio (Transmissão Desimpedidos) 
19h – Corinthians x Napoli (Transmissão CBF TV/Mycujoo) 
20h – Internacional x Santos (Transmissão CBF TV/Mycujoo) 

Domingo, 18/04 

15h – Botafogo x Bahia (Transmissão CBF TV/Mycujoo) 
15h – São José x Avaí/Kindermann (Transmissão CBF TV/Mycujoo) 
15h – Flamengo x Minas Brasília (Transmissão CBF TV/Mycujoo) 
17h – Cruzeiro x Real Brasília (Transmissão CBF TV/Mycujoo) 
20h – Palmeiras x Ferroviária (Transmissão Band) 

E você não vai perder nenhum só detalhe da competição. Assim como foi a cobertura completa da Libertadores Feminina, o Em Todo Lugar vai cobrir o Brasileirão Feminino, então fique de olho por aqui. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s