Rayssa Leal brilha e vence a etapa de Lake Havasu no Mundial de Skate Street 

Foto de capa: Bahia Pra Você.

Por Lucas Furtado Isaias

Rayssa Leal, mais uma vez, brilhou na pista e venceu a etapa de Lake Havasu, no Arizona, da Street League Skateboarding (SLS), tornando-se a primeira skatista a vencer duas etapas consecutivas da competição. A evolução constante, a consistência e a perfeição nas manobras a fizeram dominar a prova de ponta a ponta. Com o resultado, ela está na liderança e assegurou vaga para a prova final nos dias 13 e 14 de novembro, liderando a classificação geral com 200 pontos.  

Na primeira fase, Rayssa ficou em primeiro lugar com um backside tailslide que rendeu nota 6.8, um backside smith que teve 6.1 de nota, além de uma corrida pela qual os jurados deram 4.7, totalizando 17.6 de média. Pamela Rosa conseguiu a quarta colocação com 12.9 de média e também avançou para a fase Best Trick com dois saltos extras para as quatro primeiras colocadas, substituindo a menor nota válida na primeira rodada. As japonesas Funa Nakayama e Momiji Nishiya também avançaram à última fase, com, respectivamente, 16.1 e 14.4. Gabriela Mazetto, que voltou à competição após gravidez, ficou com somatório total de 13 pontos e terminou em sexto lugar.  

No Best Trick, Pamela abriu a primeira rodada com nota 6, enquanto Funa, Momiji, Nishiya e Rayssa erraram os seus saltos. A brasileira, então, subiu para a terceira posição. Na última manobra, Momiji, que é a medalhista olímpica, conseguiu ser arrasadora e executou um lance com perfeição a ponto de assumir, momentaneamente, a liderança com uma nota 8. Rayssa precisava de 5.5 para vencer, já que a japonesa estava com 18.5 totais. Foi quando fez um flip 50-50 e conseguiu 6.3, assim como o título da etapa com 19.2. Nakayma terminou em terceiro com 16.1 de média, mesma pontuação de Pamela, porém a japonesa ficou na frente porque teve um 6.3 como sua maior nota.  

O Brasil, na etapa, também teve Letícia Buffoni e Marina Gabriela, que, respectivamente, ficaram em 10° e 12° lugares na semifinal e não conseguiram vaga para a decisão.  

Nygel Huston brilha e vence etapa masculina; Felipe Gustavo termina em 3°  

Nygel Huston mostrou porque é o maior campeão da modalidade e venceu a etapa com muita tranquilidade, consistência e manobras perfeitas, liderando com folga durante as duas fases. Os brasileiros Felipe Gustavo e Lucas Rabelo tiveram um bom começo, mas sentiram a pressão dos bons saltos americanos. Felipe terminou em terceiro, e Lucas, em sétimo. 

Na primeira fase, Lucas começou com um salto nota 9, e o segundo foi 8, somando aos 6.6 da corrida, mas errou os dois últimos saltos, totalizando 23.6. Já Felipe conseguiu um salto 8.3 e outro 9. Apesar de errar dois saltos, obteve uma corrida 6.9 e 24.2 totais, conseguindo se classificar em quarto lugar atrás de Jagger Eaton com 25.3, de Dashawn Jordan com 25.8 e Nyjah com 27.3.  

Na fase final com os saltos extras, todos erraram na primeira manobra. Na segunda, Felipe conseguiu um segundo 9 e assumiu o terceiro lugar com 26.3, descartando o 6.9 da corrida. Eaton errou mais uma vez, e Jordan tinha uma missão muito difícil: conseguir um 9.9 para vencer. E teve uma nota 9.3, ficando com 26.8 no total, o que fez a lenda do skate, Nygel Huston, executar a manobra final sem pressão com um protocolar 6.7, celebrando a vitória com a torcida.   

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s