Em final histórica no Australian Open, Rafael Nadal vence Danill Medvedev e conquista o 21° grand slam da carreira  

Por Lucas Furtado Isaias  

Foto de Capa: Tennis Australia

Em uma batalha emocionante contra Danill Medvedev, Rafael Nadal conseguiu o seu 21° título de slam na carreira e o segundo no Australian Open com uma virada de 3 sets a 2 (2/6, 6/7, 6/4, 6/4 e7/5) após o russo ficar apenas dois games no campeonato. Com a conquista, o espanhol se tornou o maior campeão de slams entre os homens, superando Roger Federer e Novak Djokovic que têm 20 majors cada. A partida teve muita emoção e equilíbrio por todo o jogo com os finalistas duelando por 5h24min, na segunda mais longa final da história do torneio atrás das 5h53min de duração em 2012 quando o espanhol foi derrotado por Djokovic.  

No primeiro set, o jogo começou com os atletas confirmando os seus games de saque, mas Medvedev conseguia fazer o adversário cometer erros não forçados. No sexto game não deu chances para Nadal e conseguiu a quebra passando a dominar o set e vencer por 6/2. 

Nadal começou a engatar uma reação no segundo set e no quarto game conseguiu quebrar o serviço do russo e logo em seguida confirmar o saque abrindo 4/1, mas Medvedev forçou o espanhol a cometer erros e devolveu a quebra no sétimo game. Em seguida, ele salvou um set point do adversário que começava a crescer na partida. O jogo continuou disputado e equilibrado até chegar ao tie-break quando Nadal conseguiu um mini-break de vantagem, mas Medvedev tirou a vantagem e abriu uma diferença no placar nos 10° e 11° saques do game quando quebrou o saque do rival, logo em seguida, confirmou os serviços e venceu o game por 7/5.  

O terceiro set teve um primeiro game com saque de Medvedev muito disputado com o espanhol impondo dificuldades no serviço do rival e abrindo uma vantagem que foi perdida, mas o russo confirmou o saque. Nos games seguintes, os finalistas confirmaram os saques com mais tranquilidade, mas no oitavo game, Nadal quebrou o serviço de Medvedev e dominou o restante do set, fechando em 6/4. 

O espanhol entrou no jogo e com vontade de reagir e, no terceiro game, conseguiu sem dificuldades quebrar o serviço do russo e dominar o jogo. Logo em seguida, Medvedev devolveu a quebra mas depois o espanhol abriu vantagem, derrotando o saque do rival e confirmando o seu saque. A torcida entrou em êxtase com a ascensão do espanhol e isso irritou Medvedev que reclamou com o juiz da reação durante o jogo e pediu atitudes mais enérgicas. A reta final do set foi bastante disputada com os dois finalistas batalhando pelo título, Nadal administrou a vantagem e venceu por 6/4.  

No quinto set, o jogo seguiu quente e disputado. O juiz da partida, no primeiro game, atendeu o pedido de Medvedev e pediu à torcida que não falasse entre os serviços do tenista sob risco de expulsão da quadra. Nadal conseguiu no quinto game forçar erros do adversário e abrir vantagem de dois games sobre o russo. Só que no décimo game, Nadal cometeu erros em seu serviço e uma dupla falta e deixou Medvedev empatar a partida, mas o espanhol reagiu logo em seguida forçando o rival a cometer erros no seu saque e voltou à frente e logo em seguida, sacando para o título, não deu chances para o russo e fechou o jogo em uma virada épica com 7/5 no set final.  

Grandes nomes do esporte como Rod Laver e seus rivais diretos na disputa pelo maior número de majors celebraram a conquista do espanhol que escreve um novo e marcante capítulo da história do tênis. Com 21 títulos, após ficar afastado do circuito da ATP no fim do ano passado e na pré-temporada ter sido infectado pelo coronavírus o que comprometeu sua preparação, agora escreve um dos capítulos mais importantes do esporte e afirmou, na cerimônia de premiação, que pretende voltar no próximo ano ao slam. No discurso, ele disse que há um mês e meio pensava que esta poderia ser sua última edição do torneio, mas que jogando ganhou animação para continuar atuando no circuito da ATP.  

Em duelo 100% australiano, Kyrgios e Kokkinakis vencem nas duplas masculinas 

Kyrgios e Kokkinaskis comemoram o título no Australian Open (Foto: Tennis Australia)

Em um duelo entre australianos, Nicky Kyrgios e Thanasi Kokkinakis venceram o torneio de duplas masculinas em uma partida equilibrada, disputada ponto a ponto em 1h35min de jogo. Eles derrotaram os compatriotas Matthew Erben e Max Purcell por 2 sets a 0 em 7/5 e 6/4. Este é o primeiro título de slams da dupla que entrou por Wild Card, ou seja, entraram no torneio através de convite da organização. 

No primeiro set, o equilíbrio tomou conta com as duplas em games, na maioria do tempo, muito disputados, mas todos com confirmação de saque. O panorama mudou no décimo primeiro game quando Kyrgios e Kokkinakis conseguiram quebrar o serviço, após perderem um break point e os rivais tiveram duas oportunidades de confirmarem o jogo, mas perderam e foram quebrados. Em seguida, Kokkinakis e Kurgios, com tranquilidade, fecharam o set em 7/5.  

No segundo set, os games foram mais tranquilos de serem confirmados, contudo o equilíbrio se manteve na partida. No sétimo game, Ebden teve dificuldades com o seu saque e os rivais conseguiram quebrar o serviço. Os dois games seguintes voltaram a ter uma forte disputa entre as duas duplas, mas ambas confirmaram o serviço. No nono game, Kyrgios e Kokkianakis identificaram torcedores que estavam atrapalhando o saque deles. O juiz advertiu os torcedores para que não repetissem os gestos, mas Kyrgios exigiu a expulsão dos identificados e o jogo só foi retomado após os agentes retirarem três pessoas que saíram da plateia da Rod Laver Arena sob fortes vaias do público. Kyrgios, no décimo game, sacando para o campeonato, deu o título à dupla com muita autoridade com direito a dois aces e sem dar chances aos rivais.  

Amigos dentro e fora das quadras, a dupla comemorou muito a conquista inédita. Na cerimônia de premiação Kyrgios afirmou que mesmo sendo muito conhecido nos torneios como jogador de simples, que esta é a maior conquista de sua trajetória profissional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s