Brasil arranca empate contra Holanda na estreia do Torneio Internacional da França 

Foto de Capa : Thais Magalhães/CBF

Por Matheus Carvalho

Brasil e Holanda ficaram no empate por 1 a 1, quarta-feira (16), no Estádio Michel D’Ornano, em Caen (FRA), pelo Torneio Internacional da França. A laranja mecânica abriu o placar no segundo tempo, enquanto a seleção canarinho empatou de pênalti com Marta. A competição acontece de 14 a 23 de fevereiro e ainda conta com França e Finlândia. 

O jogo 

A seleção brasileira estreou em 2022 com novidades contra as holandesas. Um exemplo disso foi a escalação de uma defesa inédita. A técnica Pia Sundhage promoveu mais uma vez testes visando a disputa da Copa América em julho. 

O Brasil começou bem o jogo e não se intimidou com o adversário ou o frio europeu. A Holanda apostou em uma pressão inicial, mas a seleção correspondeu à altura. Fe Palermo arriscou chute de longe aos 4 minutos e no lance seguinte, mais perigo, Ary Borges acertou o travessão de canhota em finalização da intermediária. 

A laranja mecânica explorava a habilidade e técnica da atacante Miedema, que em dois lances, o segundo quase gol, deu trabalho para a goleira Lorena e as defensoras. Aos 30’, a segunda boa chance brasileira até o final do primeiro tempo. Jogada de pé em pé, até terminar em Kerolin na direita que cruzou para Ary Borges, livre na área, que cabeceou mal ao gol. 

O segundo tempo começou sem aquele ímpeto brasileiro do início do jogo. Além disso, Lorena foi substituída logo nos primeiros minutos com câimbra. E na primeira boa investida, as holandesas abriram o placar. Aos 16 minutos, Spitse lançou Beerensteyn pela direita, que ganhou na velocidade e acertou chute forte com a goleira Letícia adiantada do gol. 

Em desvantagem, o Brasil perdeu o ritmo e pouco ameaçou para conseguir o empate. Pelo contrário, viu a Holanda mais perto do segundo gol, em duas ocasiões com Martens e Miedema, que Letícia salvou. Até que aos 40 minutos, pênalti para a seleção. 

Letícia Santos aproveitou corte da defesa após cruzamento, finalizou e a bola bateu na mão de Van Dongen. Marta cobrou com maestria e garantiu o empate e a escrita, o Brasil nunca perdeu para a Holanda. Em sete jogos, três vitórias e quatro empates. A holandesa Van Dongen ainda foi expulsa antes do fim do jogo. 

Jogadoras abraçam Marta, autora do gol / Foto: Thais Magalhães/CBF 

Ficha técnica 

Brasil: Lorena (Letícia); Antonia (Letícia Santos), Tainara, Daiane e Fê Palermo; Duda (Giovanna), Luana (Ana Victória), Kerolin (Marta) e Ary; Debinha (Ludmila) e Geyse. 

Holanda: Van Veenendaal; Casparij (Van Es), Van Der Gragt, Nouwen e Van Dongen; Groenen, Spitse e Pelova (Brugts); Martens, Beerensteyn (Leuchter) e Miedema 

Arbitragem: Stéphanie Frappart (FRA); Elodie Coppola (FRA) e Jennifer Maubacq (FRA); SavinaElbour (FRA); 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s