Em uma corrida histórica, Carlos Sainz vence o Grande Prêmio de Silverstone

Foto de Capa: Twitter Scuderia Ferrari 

Por Raphael Matheus

etapa de Silverstone na Grã-Bretanha, ocorrida no domingo (03/07), definitivamente foi um dos grandes prêmios mais emocionantes da temporada, saindo de uma assustadora batida de Guanyu Zhou (Alfa Romeo) na primeira curva, logo após a largada, para uma disputa incrível de seis carros pela primeira posição nas voltas finais, e foi o local que ficará por muito tempo na memória do espanhol Carlos Sainz (Ferrari) que quebrou um jejum de 150 corridas para conquistar a primeira pole e vitória de sua carreira. Essa é a segunda maior marca da história do esporte estando atrás de Sergio Perez, que passou por 190 corridas até estar no lugar mais alto do podium de forma inédita.   

Acidente na largada que envolveu muitos pilotos, incluindo Guanyu Zhou, Alexander Albon, George Russell e outros – Youtube Formula 1

Sergio Perez (Red Bull) e Lewis Hamilton (Mercedes) terminaram respectivamente na 2ª e 3ª colocação para completar o podium. A confirmação veio através de uma disputa sensacional entre seis carros (Sainz, Perez, Hamilton, Leclerc, Alonso e Norris) pela primeira posição em uma relargada após o safety car entrar na pista devido ao abandono de prova de Esteban Ocon (Alpine Renault). Charles Leclerc (Ferrari) estava em primeiro lugar, porém como não foi chamado pelos seus mecânicos aos boxes para realizar a troca de pneus, a missão de se manter à frente de seus adversários foi dificultada quando todos os outros carros na disputa optaram por colocar os pneus macios. Assim, Leclerc teria que se defender com os já bem gastos pneus duros e não teve sucesso. Carlos Sainz, companheiro de Leclerc na Ferrari, atacou o monegasco na relargada para recuperar a primeira colocação nos instantes finais da prova. Em seguida, Perez (que teve excelente corrida de recuperação ao sair da 17ª posição para o 2º lugar) e Hamilton (que, por um pit stop ruim da Mercedes antes do safety car entrar na pista, perdeu o tempo necessário que o impediu de voltar à frente dos carros da Ferrari) realizaram ultrapassagens em uma briga épica entre os três carros pela segunda posição, na qual Charles fez o possível para se defender, mas acabou finalizando a corrida em quarto lugar, à frente dos carros de Fernando Alonso (quinto colocado) da Alpine Renault e Lando Norris da McLaren (sexto).  

As colocações seguintes (sétima e oitava) foram preenchidas, respectivamente, por Max Verstappen (Red Bull) e Mick Schumacher (Haas). Apesar de ter largado na segunda posição, o holandês lidou com problemas que impactaram a velocidade que seu carro poderia alcançar desde o início da prova, o que resultou em uma corrida difícil para o atual campeão mundial. Já o alemão da equipe Haas conseguiu anotar os primeiros pontos de sua carreira na Fórmula 1 por ter finalizado a prova em oitavo lugar, o que não poderia vir em melhor momento para Mick, já que estava sob pressão para apresentar resultados à sua equipe, que, até então, tinha todos os pontos na competição conquistados por Kevin Magnussen, que terminou o Grande Prêmio de Silverstone em décimo lugar, completando um excelente final de semana para a Haas com ambos os pilotos terminando na zona de pontuação.  

Sebastian Vettel (Aston Martin) ocupou a nona colocação na prova, resultado que veio em forma de presente de aniversário pelos 35 anos de idade comemorados no dia 3 de julho, data que o Grande Prêmio de Silverstone foi realizado e que também marca o dia de nascimento do alemão tetracampeão mundial, que conquistou pontos importantes para a Aston Martin.  

Carlos Sainz comemorando a vitória com a bandeira da Espanha – Twitter Scuderia Ferrari

Destaque negativo  

AlphaTauri – O Grande Prêmio de Silverstone teve seis abandonos de prova, o que significa que somente 14 carros concluíram a prova. Yuki Tsunoda terminou a prova em 14º lugar, enquanto seu companheiro Pierre Gasly estava entre os pilotos que abandonaram a corrida. Além do resultado ruim, os pilotos da AlphaTauri protagonizaram uma colisão entre eles durante a corrida que fez ambos os carros rodarem. Quando perguntado sobre o incidente na entrevista após a corrida, o piloto francês afirmou que o assunto seria tratado internamente com os membros da equipe, o que ilustra um fim de semana com muitas observações negativas para a Scuderia AlphaTauri.  

Classificação Final da Prova – Twitter Formula 1

Tabela do Campeonato de Pilotos  

Pilotos  Pontos  
Max Verstappen  181 
Sergio Perez  147 
Charles Leclerc  138 
Carlos Sainz  127 
George Russell  111 
Lewis Hamilton  93 
Lando Norris  58 
Valtteri Bottas  46 
Esteban Ocon  39 
Fernando Alonso  28 

Tabela do Campeonato de Construtores  

Equipes  Pontos  
Red Bull  328 
Ferrari  265 
Mercedes  204 
McLaren  73 
Alpine  67 
Alfa Romeo  51 
AlphaTauri  27 
Haas 20 
Aston Martin  18 
Williams  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s