A renovação da carreira e dos profissionais nos dias de hoje

Por Mariana Garcia

A última palestra de quarta-feira (04) teve como tema “Carreira e Reinvenção Profissional”, e contou com a presença do Rafael Melo, professor universitário há 9 anos, e graduado em Relações Públicas pela Facha, e hoje é coordenador do curso na instituição; e do palestrante Pedro Prochno co-fundador no site ‘Todo Mundo Precisa de umx RP’. Pedro já tem 14 anos de experiência na área, ele começou como estagiário atendendo a Discovery Networks, Nestlé e Gerdau; passou pela área de relações com a imprensa do Banco Real. Em 2013, fundou a Hygge Comunicações (startup voltada para soluções de comunicação de pequenas e medias empresas). E em 2014, foi para a Uber como Assessor Sênior e depois Gerente de Comunicação, mesma função que exerce no Facebook, onde está até hoje. 

Pedro começou a live falando o quanto a comunicação é fundamental, e o quanto as pessoas tiveram que adaptá-la tanto para dentro quanto para fora de casa. As mudanças também ocorreram na contratação do serviço e sua reinvenção durante a pandemia. Nessa área a mudança sempre esteve presente, e é importante estar sempre aprendendo e se atualizando assim como as redes fazem: elas vão se alterando e adaptando, do Orkut antigamente ao WhatsApp hoje em dia. Conectando isso com carreira, Pedro diz que a lógica é a mesma, como profissional de comunicação é preciso estar sempre atualizado com tudo o que está acontecendo o tempo todo.

 o convidado falando de suas experiências

Para o palestrante, a Uber foi uma das empresas que trouxeram maior aprendizado e maior desafio em termos de comunicação e Relações Públicas, ainda quando a empresa estava começando no Brasil. E a sua jornada dentro dessas grandes companhias fizeram ele ter muita responsabilidade para a pouca idade, e lhe fizeram perceber qual o espaço ele gostaria de estar profissionalmente. 

Pedro destaca que é importante as pessoas saberem qual é a carreira que você quer construir, e que ter sucesso não é sinônimo de ser diretor ou presidente de uma empresa, esses cargos não são fáceis de alcançar, e não acontece de um dia para o outro. Para falar de construção de carreira é preciso pensar no que você realmente quer, pensar nos sonhos e vontades e juntar o futuro com o presente, pois pensando a frente podemos ver que passos precisamos dar para chegar lá. 

Sobre o Mercado, Pedro diz que “é necessário falar de Reserva de Mercado, que é a carteirinha de RP, e só RP pode fazer”, e ele complementa explicando que é importante não se apegar a isso, que para garantir emprego é preciso dedicação, atualização e saber fazer bem o seu trabalho. Sobre onde atuar o profissional de RP, lembre-se que é importante e fundamental para as empresas comunicarem, se integrarem com seus públicos, gerarem resultados dentre suas outras amplas funções que um trabalho de Relações Públicas pode fazer. 

Bate-papo descontraído fala de tópicos importantes para quem está começando na carreira

Rafael, coordenador do curso na Facha, complementa dizendo que não existe uma receita para ter carreira de sucesso, e diz que tem momento de o profissional estar no operacional, no tático e depois o estratégico que é algo falado na faculdade. E conclui fazendo a pergunta “o que você diria para a juventude ansiosa que entra no emprego, e se não subir de cargo já desiste? Alinhando as questões pessoais com o que a empresa propõe, que é importante para a saúde mental”, a resposta do convidado foi de que as pessoas precisam de calma, o presidente não chegou lá do nada e não vai ser diferente com os jovens de hoje; quanto mais alguém sobe mais demorado é para chegar em cima. Foi perguntado também para Pedro sobre empreender, e o mesmo respondeu que não é só as mil maravilhas que pensam “empreender significa que você vai ter um salário negativo no início, até que consiga ir para a frente”. 

Rafael destaca que o perfil de um profissional, de acordo com a fala do palestrante, é multidisciplinar e Pedro completa dizendo que o profissional não é, ele se torna multidisciplinar caminhando para chegar no estratégico, pois ninguém começa direto nessa função. E é a mentalidade do ser estratégico que diferencia e não a reserva de mercado. Não se pode apegar em uma ideia e manter sempre ela, tem sempre se atualizar e manter atualizado, pois a comunicação muda o tempo todo. O mercado é dinâmico e evolui o tempo inteiro, por isso é importante o profissional sempre se reinventar. 

Por fim, Rafael pergunta as últimas reflexões que o convidado tem: como interagir da melhor forma, novas rotinas de trabalho e oportunidades que surgiram e tiveram que ser reinventadas. Prochno responde que não tem certo e errado, é importante ser curioso e fazer perguntas; como comunicador não pode querer ser o dono da razão e não ouvir o outro. A palestra contou com a presença de mais de 130 ouvintes, incluindo professores, e a grande parte do tempo os mesmos teceram elogios para os dois palestrantes e para suas falas. 

Confira, na íntegra, a live:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s