Na 8ª etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, Alison e Álvaro Filho triunfam e chegam ao terceiro título na temporada

Foto de capa: Wander Roberto/Inovafoto/CBV 

Por Armando Edra e Rodrigo Glezjer 

O Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia (CBVP), competição organizada pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), voltou a reunir as melhores duplas nacionais nas areias de Saquarema, no Rio de Janeiro, pela oitava e penúltima etapa do torneio. As partidas aconteceram entre os dias 22 e 25 de março com transmissão da própria CBV, responsável por exibir desde as partidas eliminatórias até as quartas, e do SporTV, televisionando as semis e final da competição.  

Qualifying  

Da mesma forma que as demais etapas do circuito, a oitava começou pelas partidas de qualifying, na segunda-feira (22), com 24 duplas concorrendo por 8 vagas na fase de grupos. Ao fim dos confrontos, Felipe Cavazin/Luciano (PR/ES), Mateus Dultra/Gabriel Zuliani (CE/PR), Gabriel Santiago/Johann (DF/RJ), Gustavo Moura/Patrick Colombo (CE/PR), Álvaro Andrade/Rafael Andrew (SE/PB), Lipe/Anderson Melo (CE/RJ), Felipe/Jéfferson (DF/CE) e Léo Gomes/Gabriel Gouveia (RJ/RJ) terão a oportunidade de disputar pontos importantes para subirem na classificação. 

Os classificados terão pela frente  as 16 melhores duplas ranqueadas e, por isso, já garantidas na fase de grupos: André/George (ES/PB), Alison/Álvaro Filho (ES/PB), Maia/Vinícius Cardozo (RJ), Vitor Felipe/Vinícius Freitas (PB/ES), Oscar/Thiago (RJ/SC), Pedro Solberg/Arthur Lanci (RJ/PR), Saymon/Fábio (MS/CE), Marcus/Jô (RJ/PB), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Allison Francioni/Matheuszinho (SC/SE), Hevaldo/Adelmo (CE/BA), Bruno de Paula/Léo Vieira (AM/DF), Harley/Averaldo (DF/TO) e Fernandão/Rafa (ES/PR).  

Arthur Mariano/Adrielson (MS/PR) tiveram que formar um duo temporário para ocupar uma das vagas, já que seus parceiros, respectivamente, Guto e Renato, se ausentaram da competição por motivos médicos. Outra ausência confirmada para a etapa foi a de Bruno Schmidt que, apesar de recuperado da Covid-19 depois de ficar 13 dias internado, optou por não competir, assim como seu parceiro Evandro.  

Anderson Melo e Lipe foram uma das boas surpresas que apareceram na oitava etapa do CBVP. Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV 

Fase de Grupo e Oitavas 

Iniciada na terça-feira (23) de manhã, a fase de grupos teve George/André, os atuais líderes da competição e favoritos ao título, no primeiro lugar geral depois de vencerem seus dois jogos sem ceder nenhum set e ainda garantir a melhor PA (coeficiente entre número de pontos feitos e sofridos) entre todas as duplas. Logo atrás os cariocas Maia/Vinicius ficaram com o segundo lugar, seguidos por Oscar/Thiago, Alison/Álvaro, Vinicius/Vitor Felipe e Arthur/Adrielson, todos vencendo seus dois jogos por 2 a 0. Completaram os classificados: Francioni/Matheuszinho, Bernardo/Eduardo, Cavazin/Luciano, Leo/Gabriel, Lipe/Anderson Melo, Leo Vieira/Bruno, Hevaldo/Adelmo, Fabio/Saymon, Arthur/Pedro e Mateus/Gabriel, cada um depois de vencer e perder uma de suas partidas, mas conseguir manter um PA melhor que os demais adversários.  

No mesmo dia das partidas pelos grupos, ocorreu, à tarde, os confrontos das oitavas de final. A primeira partida ficou por conta da vitória de Lipe/Anderson Melo sobre Vinicius/Vitor Felipe por 2 a 1. O resultado ainda se repetiria na derrota de Arthur/Pedro contra Alisson/Álvaro, na eliminação de Mateus/Gabriel para George/André e na desclassificação de Francioni/Matheuzinho para Cavazin/Luciano. Até então com um bom desempenho na oitava etapa, Maia/Vinicius não conseguiram mostrar seu jogo perante Hevaldo/Adelmo e acabaram derrotados por 2 a 0.  

Mesmo jogando juntos de forma improvisada, Arthur Mariano/Adrielson mostraram porque suas duplas estão na parte de cima da tabela e mesmo sem entrosamento venceram Fábio/Saymon, sem ceder nenhum set, e garantiram participação nas quartas. As últimas vagas ficaram com Leo/Gabriel, depois de despacharem Bernardo/Eduardo por 2 a 0, e Leo Vieira/Bruno, ao vencerem os dois sets contra Oscar/Thiago. 

Quartas e Semifinais

O dia seguinte, quarta-feira (24), foi marcado pelos duelos das quartas, durante a manhã, e semi, realizados à noite. No topo do ranking por uma diferença de apenas 20 pontos para Alison/Álvaro, e agora seus principais adversários pelo título devido a ausência de Schmidt/Evandro, George/André teriam que mostrar seu melhor jogo para rumar a final e tentar abrir vantagem. Tendo pela frente Cavazin/Luciano, que surpreenderam ao conseguir passar pelo qualifying e ir até as quartas, os atuais campeões brasileiros conseguiram garantir vaga para a fase seguinte ao vencer o jogo por 2 a 0 (21/19, 21/17) 

Luciano e Cavazin quase conseguiram chegar às semis depois de terem ganho uma das vagas no qualifying. Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV 

Interessados em não ver os líderes se isolarem na ponta do campeonato, Alisson/Álvaro não poderiam fazer outra coisa a não ser vencer. Jogando contra Leo/Gabriel, outra dupla a surpreender e também avançar as fases finais vindo do qualifying, a dupla olímpica foi superior e bateu seus oponentes sem ceder sets (21/14, 21/19). Os dois últimos confrontos tiveram Lipe/Anderson derrotando Hevaldo/Adelmo e Arthur/Adrielson eliminando Leo Vieira/Bruno.

Batendo 19h no relógio, as duplas sobreviventes retornaram para definir quem seriam os finalistas da oitava etapa do CBVP. Depois de mostrarem alto nível mesmo jogando na base do improviso, Arthur/Adrielson não foram capazes de fazer frente a George/André e acabaram tendo que se contentar com a disputa pelo bronze, depois de perderem por 2 a 0  (16/21, 18/21). 

Vivendo um verdadeiro sonho ao conseguirem cruzar todas as fases da competição e terem a chance de se imaginar numa final, os estreantes em semi Lipe/Anderson acabaram vendo suas expectativas ruírem ao não terem muitas chances contra Alison/Álvaro, que os eliminaram por dois sets a zero (15/21, 14/21). 

Arthur Mariano e Adrielson jogaram juntos de forma improvisada e fizeram bonito ao conseguir chegar na disputa pela medalha de bronze. Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV 

Terceiro Lugar 

O bronze ficou com Arthur/Adrielson, que fizeram 2 sets a 0 (21/15 e 21/16) sobre Lipe/Anderson Melo. Arthur agradeceu a seu antigo companheiro Adrielson, que levou o prêmio de melhor jogador da partida, pela reeedição da parceria.  

“Foi uma satisfação enorme compartilhar a quadra de novo com ele, sentir a energia que ele traz para todo mundo, acho que até todo mundo que está fora da quadra. A partir do momento que ele me chamou, sabia que seria assim, que a gente formaria uma dupla incrível. A gente foi crescendo ao longo do campeonato, ontem a gente teve dois jogos muito difíceis, anteontem três, muito calor, e a gente conseguiu se superar”

Arthur Mariano à equipe de reportagem da CBV. 

Final 

Dupla olímpica está afinada e otimista para a disputa por medalha na Olimpíada de Tóquio. 
Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV 

Os campeões da 8ª etapa do CBVP foram Álvaro Filho e Alison, que venceram os líderes do ranking, André (ES) e George (PB) por 2 sets a 0 (21/17 e 21/14), e conquistaram o terceiro título na atual temporada. O primeiro set foi equilibrado até a sua metade, mas após abrirem dois pontos de vantagem, a partida começou a pender para o lado da dupla olímpica. Alison foi eleito o craque da final e falou sobre o resultado após a 17ª colocação na etapa de Doha do Circuito Mundial. 

“Não fizemos uma boa etapa em Doha, pelo Circuito Mundial, voltamos para casa e conversamos, ajustamos alguns detalhes, e treinamos bem. Jogar uma etapa do Circuito Brasileiro é muito importante, ainda mais no momento em que estamos passando, poder disputar uma competição com segurança e devolver um pouco de alegria para o povo brasileiro é muito bom. Estamos motivados e felizes”

destacou o campeão olímpico Alison, que alcançou a marca de 35 títulos de Open no Circuito Brasileiro, ao Sportv. 

Mesmo ficando com a  prata, George e André seguem em boa situação na disputa pelo bicampeonato do Circuito Brasileiro. Atuais campeões, eles somam 2520 pontos na liderança da temporada, contra 2320 de Alison e Álvaro Filho, que ocupam a segunda colocação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s