Giro em todo lugar CS:GO – Team oNe

Foto de capa: Reprodução/The Game Times 

Por Gabriel Orphão 

Team oNe eSports é uma das mais tradicionais organizações da história do Counter-Strike brasileiro. Fundada em julho de 2004, a equipe, que possui Alexandre “kakaveL” Peres como CEO e fundador, já teve em seu elenco diversos jogadores que deixaram suas marcas no cenário, como Alencar “trk” Rossato, João “felps” Vasconcellos e Rafael “pava” Pavanelli. 

Os atletas 

Atualmente, a equipe da Team oNe é a 49ª melhor equipe do mundo, segundo o ranking da HLTV.org, o mais respeitado de todo o cenário do CS:GO. O elenco da organização brasileira, que mora nos Estados Unidos, é composto pelo capitão Pedro “Maluk3” Campos, que possui mais de seis anos na equipe, e pelos brasileiros Matheus “prt” Scuvero, Matheus “pesadelo” Panisset, Felipe “skullz” Medeiros e o guatemalteco Mario “malbsMD” Samayoa. O treinador do time é João “righi” Righi, ex-técnico da equipe do Santos eSports. Além dos atletas e do comandante, os “Golden Boys” também contam com Cassio “cass1n” Santos no banco de reservas. 

Maluk3, malbsMD, prt, righi, cass1n, skullz e pesadelo – o elenco de CS:GO da Team One — Foto: Reprodução/ge.globo 

Um passado de altos e baixos 

Embora tenha sido fundada em 2004, na época do CS 1.6, a Team oNe não possui grandes feitos no antigo game da Valve (produtora de todos os títulos da franquia Counter-Strike): seu melhor resultado foi o título do Gyn Challenger eSports 2009, campeonato de pouca expressão realizado em Goiânia que ofereceu apenas 625 reais de premiação para a equipe campeã. 

Por conta de poucos títulos de grande expressão no cenário, a equipe acabou dando disband (quando o time se desfaz) em meados de 2011. 

Em 2015, a organização anunciou sua volta ao cenário do Counter-Strike, desta vez no CS:GO, e contou com uma nova lineup: Maluk3, Netwolf, bld V, bt0 como atletas titulares, adr como treinador da equipe e trk e Fenor como jogadores reservas. 

O primeiro título da equipe após a sua volta foi a G3X Cup 2016, em que bateu a Team Innova na grande final, time adversário que possui jogadores bem conhecidos nos dias atuais como Marcelo “chelo” Cespedes e Victor “iDk” Torraca. 

De 2015 até o começo de 2018, a organização atuou apenas em campeonatos disputados na América do Sul e obteve grandes resultados, como o incrível ano de 2017, quando a Team oNe conquistou 23 títulos, incluindo o qualificatório da América do Sul para o Minor de Boston 2018, evento que leva as equipes até o Major, o campeonato mundial de CS:GO. 

Durante o classificatório aberto, a equipe ficou na primeira colocação, vencendo equipes como a INTZ, comandada por arT e Yuurih, a FURIA, comandada por guerri, VINI e spacca, e os argentinos da Isurus, que tinham Noktse como seu principal atleta. 

Já no evento principal do Minor das Américas, que reunia equipes da América do Sul, do Norte e Central, além de possuir a equipe da Luminosity Gaming (PKL, yel, SHOOWTIME, chelo, NEKIZ e Apoka) representando o Brasil, os “Golden Boys” deixaram a desejar e foram eliminados do torneio na fase de grupos. Amargaram duas derrotas: 16 a 5 em uma MD1 na Cobblestone contra a Team Liquid e um 2 a 0 em uma MD3 contra a Complexity Gaming. 

Ida para o cenário norteamericano 

Embora não tenha se classificado para o Major, a Team oNe se mudou para os Estados Unidos por conta de seus bons resultados nos últimos campeonatos, e é onde os atletas da organização vivem até hoje.  

Jogadores da Team oNe no embarque para os Estados Unidos – Foto: Reprodução/ESPN Brasil 

Em seu primeiro torneio em terras norte-americanas, os “Golden Boys” venceram o qualificatório aberto para o ECS Season 5 NA, após derrotarem os americanos da Swole Patrol por 2 a 0. 

Em 2019, conseguiram se classificar para o Minor das Américas do IEM Katowice, junto dos brasileiros da FURIA (yuurih, arT, VINI, kscerato, Ablej e Guerri), da Imperial (SHOOWTIME, zqk, shz, tifa, dzt e Kaos) e da INTZ (kNgV-, chelo, xand, destiny, yeL e Apoka). 

Na participação das quatro equipes brasileiras no Minor, a Team oNe e a Imperial foram as que menos participaram, sendo eliminadas logo no começo da competição. A INTZ ficou na quarta colocação e também ficou de fora do Mundial. Já a equipe da FURIA foi a vice-campeã do Minor e garantiu sua primeira participação nos Majors de CS:GO em toda a sua história. 

Em 2020, durante a pandemia do COVID-19, a Team oNe conseguiu a sua melhor colocação no ranking de melhores times do mundo da HLTV.org: no dia 30 de novembro, os brasileiros foram declarados como o 22º melhor time do planeta, devido às suas atuações nos campeonatos disputados na América do Norte. Inclusive, ficaram na frente do MIBR, que contava com a organização que, atualmente, está no “O Plano” (kNgV-, Lucas1, trk, Leo_drk, V$M e cogu). 

Uma passadinha na Europa 

No começo de 2021, após ficarem na 3ª-4ª colocação no qualificatório da WESG Brasil, a Team oNe se juntou a FURIA e MIBR e foi mais uma equipe brasileira a viajar para a Europa, em busca de campeonatos de mais alto nível. 

Porém os “Golden Boys” tiveram bastantes dificuldades e não conseguiram bons resultados. Sua melhor campanha foi na Domination League, um torneio de pouca expressão no qual ficaram na segunda colocação.   

A Team oNe chegou, inclusive, a enfrentar outros brasileiros durante o começo de sua trajetória na Europa, mas não conseguiu nenhum resultado positivo: perderam para a Godsent por 2 a 0 pela Pinnacle Cup. Jogando a ESL Pro League S13, um torneio de alto nível, foi derrotada pela FURIA por 2 a 0 e pelo MIBR por 2 a 1, além de perder de 2 a 0 para a Gambit, atual melhor time de CS:GO do mundo. 

Perfil oficial da Team oNe posta jogada de skullz em duelo contra a FURIA

A organização tem tudo para que, no futuro, se torne o principal nome do CS:GO brasileiro. Hoje, é vista como uma das equipes que mais forma jogadores de sucesso e pode ser um dos destaques do Brasil nos próximos anos. Isto se dá graças ao empenho e dedicação dos atletas e da comissão técnica, especialmente do CEO kakaveL, apaixonado por CS:GO e que faz um excelente trabalho desde 2004. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s