Giro em todo lugar – Semifinal da UEFA Champions League

Foto de capa: Reprodução/Betz Club 

Por Gabriel Orphão 

As tardes dos dias 27 e 28 de abril foram marcadas pelos duelos de ida das semifinais da Liga dos Campeões da Europa. Real Madrid e Chelsea se enfrentaram na terça-feira (27/04) e empataram em 1 a 1. No dia seguinte, o Paris Saint-Germain recebeu o Manchester City e foi derrotado pelo placar de 2 a 1. 

Nas redes sociais, os brasileiros dominaram o Twitter com as tags “#ViniDay”, se referindo a Vinicius Junior, ex-atleta do Flamengo e atual jogador do Real Madrid, e a tão conhecida “#NeyDay”, em homenagem a Neymar, ex-jogador do Santos e atual camisa 10 da equipe do PSG. 

Real Madrid x Chelsea 

O Real Madrid, maior campeão da história da UEFA Champions League, com 13 títulos, recebeu a equipe inglesa do Chelsea, no Estádio Alfredo Di Stefano, pelo duelo de ida das semifinais da competição. Os espanhóis eliminaram o Liverpool nas quartas de final, enquanto os ingleses bateram o Borussia Dortmund na mesma fase.  

Em campo, nenhum outro país foi tão representado quanto o Brasil. Durante toda a partida, sete jogadores nascidos em nosso país participaram do jogo, seja como titular ou entrando em uma das substituições. Pelo Real Madrid, Marcelo, Vinícius Júnior, Éder Militão, Casemiro e Rodrygo atuaram. Pelo Chelsea, jogaram o volante Jorginho, brasileiro naturalizado italiano, e o experiente zagueiro Thiago Silva. 

Vinicius Júnior e Jorginho foram alguns dos brasileiros que atuaram na partida – Foto: David S. Bustamante/Soccrates via Getty Images 

O primeiro tempo começou com um domínio predominante da equipe do Real Madrid, que, aos quatro minutos, possuía 78% de posse de bola contra 22% do Chelsea. Porém a rede balançou pela primeira vez aos 13 minutos, com gol da equipe inglesa: Rüdiger lançou nas costas de Varane para Christian Pulisic, que driblou o goleiro Thibaut Courtois e abriu o placar a favor da equipe do Chelsea. Com o seu gol, Pulisic se tornou o primeiro jogador dos Estados Unidos a fazer um gol pelas semifinais da UEFA Champions League.  

Christian Pulisic comemora seu gol em cima do Real Madrid – Foto: Berengui/DeFodi Images via Getty Images 

O Real Madrid tentou o empate aos 22 minutos, quando Karim Benzema tabelou com Vinicius Junior, chutou a bola no canto esquerdo do goleiro Mendy, mas ela bateu na trave e foi para fora. 

Aos 28 minutos, o alemão Toni Kroos cobrou um escanteio buscando Luka Modric, que tocou para Marcelo. O brasileiro cruzou na área, Casemiro e Militão desviaram, e a bola sobrou para Benzema, que ajeitou no meio e virou de voleio para marcar o gol de empate da equipe do Real Madrid. 

Benzema acertou um voleio espetacular para fazer um golaço a favor da equipe do Real Madrid – Foto: David S. Bustamante/Soccrates via Getty Images 

O segundo tempo foi marcado por uma forte chuva, que encharcou o campo de jogo e dificultou a criação de jogadas. 

O único lance de perigo da segunda etapa foi apenas aos 42 minutos, quando Toni Kroos bateu um escanteio na cabeça de Raphael Varane. O francês cabeceou a bola próximo à marca do pênalti, mas acabou tirando tinta da trave do goleiro conterrâneo Mendy. 

Real Madrid e Chelsea se enfrentarão, novamente, na próxima quarta-feira (05/05), no Stamford Bridge, casa da equipe inglesa. O time comandado pelo alemão Thomas Tuchel necessita apenas de um 0 a 0 para se classificar. Outro empate em 1 a 1 leva a partida para a prorrogação. Para se classificar, a equipe comandada pelo francês Zinedine Zidane necessita de um empate a partir de 2 a 2 ou da vitória.  

Paris Saint-Germain x Manchester City 

O Paris Saint-Germain, principal time francês, recebeu a equipe do Manchester City no Estádio Parc des Princes. A partida ficou marcada por mais um encontro entre o brasileiro Neymar, atacante do PSG, e o espanhol Pep Guardiola, treinador da equipe inglesa, personagens marcados na história do futebol pela parceria que fizeram no Barcelona de poucos anos atrás, dono de um futebol invejável no mundo.  

A partida começou de forma acelerada, com um grande número de ataques perigosos de ambas as equipes, mas com predominância dos ingleses, enquanto os franceses buscavam o contra-ataque em velocidade sempre que podiam, especialmente com Kylian Mbappé. 

Aos 14 minutos do primeiro tempo, Di Maria cobrou um escanteio, a bola passou por Neymar, e Marquinhos afastou-se da marcação de Rodri para cabecear para dentro das redes do goleiro Ederson, abrindo o placar para a equipe francesa. 

Marquinhos comemora seu gol em cima da equipe do Manchester City – Foto: Alex Grimm/Getty Images 

Após o gol do brasileiro, a equipe do PSG começou a pressionar ainda mais a meta defendida por Ederson e quase aumentou o placar aos 33 minutos, em jogada envolvendo Di Maria e Neymar. Aos 40 da etapa inicial, Neymar tentou finalizar dentro da área, após bela jogada de Florenzi, e foi travado pela marcação. O brasileiro caiu pedindo pênalti, mas o árbitro deixou o lance seguir. 

O Manchester City empatou a partida aos 18 minutos do segundo tempo. Após uma cobrança de escanteio de Zinchenko, o belga Kevin De Bruyne tentou cruzar para Stones, porém a bola quicou no gramado, enganou o goleiro Keylor Navas e morreu no fundo da rede, empatando a partida. 

Jogadores do Manchester City comemoram o gol do capitão da equipe, Kevin De Bruyne – Foto: Xavier Laine/Getty Images 

Pouco tempo depois, aos 23 minutos, Phil Foden, atacante do City, recebeu na entrada da área e foi derrubado com falta por Gueye. Na cobrança, Mahrez bateu à meia altura, a bola passou entre os jogadores na barreira e foi até o gol da equipe francesa. O goleiro Keylor Navas ainda se esforçou bastante, mas não conseguiu fazer a defesa, permitindo que o Manchester City virasse a partida. 

Keylor Navas tenta a defesa, mas acaba não conseguindo evitar o gol da virada da equipe do Manchester City – Foto: Xavier Laine/Getty Images 

Aos 32 minutos da segunda etapa, Gündogan possuía a bola próximo ao círculo central e recebeu uma entrada dura de Gueye. O árbitro marcou a falta e aplicou cartão vermelho direto ao volante da equipe do PSG, que encerrou a partida com um jogador a menos. O Manchester City ainda tentou aproveitar a vantagem numérica e aumentar o placar, porém não conseguiu marcar o terceiro gol. 

Paris Saint-Germain e Manchester City se enfrentarão, novamente, na próxima terça-feira (04/05), no Etihad Stadium, em Manchester (Inglaterra). Para se classificar, a equipe de Neymar Júnior necessita vencer por pelo menos dois gols de diferença, já que o 1 a 0 não basta pelo critério de gols marcados fora de casa. Um novo 2 a 1, desta vez a favor do PSG, leva o duelo para a prorrogação, e qualquer outra vitória é favorável para a equipe do City. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s