Moda Militante e Pink Money

Se vestir de ideias nunca saiu de moda 

Por Ludmila Barros

Moda vai muito além do vestuário, já que ela também é liberdade, estilo de vida e comportamento. A linguagem das roupas dialoga com as pautas que estão em destaque na sociedade. Estampas e cores funcionam como um emissor de ideias, pensamentos e informações sobre a pessoa que está vestindo determinado modelo. O avanço da Internet e principalmente das redes sociais ampliou discussões de temas pertinentes como o feminismo, o respeito aos grupos minoritários, a crença na ciência dentre vários outros. Sites de roupas, acessórios e artigos decorativos com um tom militante pipocaram nos últimos anos. Variedade é o que não falta! Tal fenômeno é interessante e confirma que vestir o que pensamos nunca saiu de moda. 

E você, já desfilou com alguma roupa que representa a sua visão de mundo? A seguir, trazemos looks de camisetas para te inspirar.  

Reprodução Instagram/ @vistapoemese 
Reprodução Chico Rei/ @chicorei 
Reprodução Instagram/ @usebrusinhas  

E neste universo de possibilidades e sem barreiras físicas que é a Internet, geralmente em consonância com as transformações sociais, a preocupação em oferecer produtos para o público LGBTQIA+ (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais/transgêneros/ queer/ intersexo/ assexual) cresceu. O chamado pink money (“dinheiro rosa”), que é o dinheiro gasto em produtos e serviços por essa parcela da comunidade, movimenta milhões de reais todos os anos. Dados da Secretaria Municipal de Turismo de São Paulo mostram que a parada LGBTQIA+ de 2019 movimentou R$403 milhões. As corporações que têm comprometimento com a bandeira arco-íris e lutam contra todas as discriminações que esse grupo enfrenta costumam ser bem vistas na mídia, consequentemente, gerando lucros e investimento em publicidade e programas que debatem tal temática.  

Vale lembrar que o Brasil é um dos países que mais matam pessoas LGBTQIA+ no mundo. Todos os esforços que promovam consciência e respeitem a pluralidade das pessoas são válidos e necessários. É importante que as empresas sejam éticas e transparentes com os consumidores, refletindo seus valores e, assim, contribuindo para um mundo mais tolerante, empático e promovendo a quebra de estereótipos. A seguir, algumas marcas que apoiam à causa LGBTQIA+.  

A sorveteria Ben & Jerry’s. Reprodução Instagram/ @benandjerrysbr 
Os salgadinhos Doritos. Foto: Divulgação 
A Avon lançou a coleção “Pride” em 2021 

Esperamos que você tenha gostado da matéria. Seguimos juntes por uma sociedade melhor! 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s