O Parabadminton é uma das modalidades estreantes nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020

Foto de capa: Rebeca Doin 

Por Armando Edra  

Definido em setembro de 2017 pelo Comitê Paraolímpico Internacional como uma das modalidades estreantes em Tóquio 2020, o parabadminton terá 14 eventos (sete masculinos, seis femininos e um misto) e contará com um total de 90 jogadores (46 homens e 44 mulheres) que competirão em disputas de simples, duplas e duplas mistas. 

A inclusão do esporte nos Jogos é um reconhecimento ao seu crescimento global. Desde a década de 1990, são realizadas competições internacionais, a primeira acontecendo na Holanda em 1998. No ano de 2015, mais de 230 atletas de 35 países participaram do décimo Campeonato Mundial, e o esporte agora é praticado em mais de 60 países em cinco continentes. 

Crédito: Clara Flávio.

A modalidade surgiu no Brasil há pouco tempo. Segundo o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o esporte foi introduzido no país em 2006 pelo professor Létisson Samarone Pereira, no Distrito Federal e na competição Pan-Americana. Ele hoje é tutor de parabadminton da Federação Panamericana de Badminton e da BWF (Federação Mundial de Badminton), além de membro titular do Conselho de Esporte e Lazer do Distrito Federal – CONEF. 

CALENDÁRIO 

A fase eliminatória da competição está prevista para começar no dia 1º de setembro e irá até o dia 3, com as finais nos dias 4 e 5. Abaixo, você confere a programação completa: 

Crédito: Clara Flávio.

Regras e categorias 

Ao todo, os atletas são divididos em seis classes, duas em cadeiras de rodas e quatro em pé, e são denominadas da seguinte forma: 

Foto: Divulgação/CPB.
Crédito: Clara Flávio.

As regras do Badminton tradicional são seguidas, exceto por pequenas modificações, e todos os eventos usam um formato de “melhor de três sets”, cada um com 21 pontos. A altura da rede é a mesma para todas as classes. O Comitê Olímpico Internacional criou um vídeo animado que ensina, de forma divertida, as regras do esporte em um minuto. Para ver, basta clicar aqui e você será levado direto à página do vídeo.

Perspectivas da Modalidade 

Mesmo com mais de 40 anos, o coreano Lee Sam Seop provou que idade não é barreira e é considerado um dos melhores jogadores de Badminton em cadeira de rodas do mundo. Foto: Badmintonphoto e Don Hearn 

Como no Badminton tradicional, o esporte é mais forte na Europa e na Ásia, com países como Malásia, Indonésia e Tailândia dominando as camadas superiores do ranking. Os atletas chineses estão entrando na disputa, enquanto os jogadores da República da Coreia se mostraram, particularmente, fortes nas classes de cadeiras de rodas masculinas.  

O coreano Lee Sam Seop ganhou medalhas de ouro no Campeonato Mundial de 2015 em simples, duplas e duplas mistas masculinas e foi escolhido como o jogador mais destacado daquele ano pela BWF. O atleta ganhou também a medalha de ouro de simples e a medalha de prata de duplas no Campeonato Asiático de Badminton 2016.  

Entre as mulheres, Cathrine Rosengren, da Dinamarca, teve uma estreia estelar como jogadora de parabadminton no Campeonato Europeu de 2016, na Holanda, onde conquistou o ouro na categoria de simples SU5 ao vencer a companheira de equipe Astrid Lilhav Riis na final. Curiosamente, as duas atletas competiram na modalidade de duplas e levaram a prata, coroando a participação de ambas na competição. 

O Brasil conta com um representante, o paranaense de 21 anos, Vitor Gonçalves Tavares, que já se sagrou um dos melhores atletas da modalidade na categoria SH6. Ele também é campeão parapan-americano de 2019, evento que aconteceu em Lima, no Peru. A medalha de ouro na competição foi a porta de entrada para o curitibano nas Paralimpíadas deste ano. 

No início de 2020, Vitor demonstrou mais uma vez o seu potencial: foi campeão no Brazil Parabadminton International, vencendo o britânico Jack Shepard nas semifinais e o indiano Nagar Krishna na final, o primeiro e segundo, respectivamente, do ranking mundial de parabadminton.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s