Brasil vai em busca de sua 1ª medalha paralímpica no Parataekwondo, modalidade estreante em Tóquio 2020

Foto de capa: Rebeca Doin 

Por Maria Carolina Fernandes

O parataekwondo foi anunciado em 2015 como parte do programa paralímpico e faz sua estreia agora em Tóquio 2020. Confira tudo sobre o esporte!

Regras 

O parataekwondo é disputado por dois atletas, um com colete azul e outro de vermelho. Os coletes possuem sensores capazes de captar a potência do chute e quando há contato com a meia do adversário. A meia também possui 12 sensores em pontos distintos do pé. 

As lutas possuem três rounds de dois minutos. Ganha o combate quem tiver mais pontos no final do último round. Se terminar empatado, acontece mais um período, em que o vencedor será o atleta que fizer os dois primeiros pontos. A luta pode encerrar antes do final do terceiro round, caso um atleta some 20 pontos a mais do que o adversário. 

Crédito: Clara Flávio.

A principal diferença do parataekwondo é no sistema de pontuação e nas faltas:

Contagem de pontuação
– 1 ponto para cada falta cometida pelo adversário; 
– 2 pontos para chutes retos no colete; 
– 3 pontos para chutes giratórios em 180º no colete; 
– 4 pontos para chutes giratórios em 360º no colete. 

A diferença nas faltas é que, na modalidade paralímpica, não são permitidos chutes na altura da cabeça. A cada chute alto é configurada uma punição, gerando um ponto para o oponente e, dependendo da força, o atleta pode ser desclassificado no meio da luta. 

Classes no Parataekwondo 

As classes que fazem parte do programa paralímpico são K43 e K44, sendo que os atletas da classe K43 podem competir na classe K44. 

Foto: Reprodução/CPB.

Além da divisão por classes, os lutadores também são divididos por peso, assim como nas outras modalidades de luta.

Foto: Reprodução/CPB.

Brasil em Tóquio 2020 

Débora Menezes, do parataekwondo – Foto: Reprodução/Worldtaekwondo.

A lutadora Débora Menezes conquistou sua vaga em Tóquio  após ficar em segundo lugar no ranking mundial ao término de janeiro de 2019, conseguindo assim a classificação direta. Já no Parapan-Americano de parataekwondo 2019, Silvana Fernandes e Nathan Torquato foram ouro e também garantiram vaga.  

CALENDÁRIO

As competições do Parataekwondo serão de 2 a 4 de setembro. Confira a programação completa: 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s