EmTóquio2020 nas Paralimpíadas – Dia 2: confira os destaques do dia e a agenda dos brasileiros na quarta (25/08)

Foto de capa: Rebeca Doin

Por Lucas Furtado Isaias 

O Brasil começou a Paralimpíada com quatro medalhas e todas na natação! Daniel Dias fez história com mais um bronze, conquistando sua 25ª medalha em sua última edição de Jogos. Gabriel Bandeira, em sua primeira participação paralímpica, conseguiu o ouro e quebrou recorde paralímpico. Vitórias e derrotas no goalball e tênis de mesa também marcaram o dia. Acompanhe o resumo. 

O que rolou? 

No primeiro dia de competições da Paralimpíada, o Brasil brilhou nas piscinas de Tóquio e conquistou quatro medalhas. Gabriel Bandeira conquistou a medalha de ouro, em sua primeira participação em Jogos Paralímpicos e com direito a recorde nos 100m borboleta, classe S14: 54s76. A prata ficou com o britânico Reece Dunn (55s12), e o bronze ficou com o australiano Benjamin Hance (56s90). Gabriel Geraldo conquistou a prata nos 100m costas S2 com 2min02s47. O ouro ficou com Alberto Abraza do Chile (2min00s40), e o bronze, com Vladimir Danielenko do Comitê Olímpico Russo (2min02s74). Nos 200m live S5, tivemos a 25ª medalha de Daniel Dias, e ela foi de bronze com 2min38s61. O ouro ficou com o Francesco Boccardio da Itália (2min26s76), e a prata, com Antoni Ponce da Espanha (2min35s20). Phelipe Rodrigues, nos 50m livre S10, também ficou com a terceira posição com 23m50, atrás do australiano Rowan Crothers (23s21) e do ucraniano Maksym Krypak (23s33). 

Nos 100m borboleta S13 feminino, Maria Carolina Santiago terminou em sexto lugar na final, enquanto, no masculino, Douglas Matera ficou em sétimo na prova decisiva. Lucilene Souza chegou em quarto na primeira bateria, mas não conseguiu avançar à final. Nos 100m costas S1, José Ronaldo da Silva ficou em quinto na final. Nos 50m livre S10, Mariana Gesteira terminou em quinto lugar na prova decisiva. Nos 50m peito, Eric Tobera e Ronystony Cordeiro da Silva terminaram em sétimo e oitavo, respectivamente, na prova classificatória. Laila Suzigan ficou na quinta posição na primeira bateria dos 50m livre S6, mas não conseguiu ficar entre as oito melhores. Nos 200m livre S5, Esthefany Rodrigues terminou também em quinto na prova de classificação. Nos 100m livre S8, Caio Amorim e Gabriel Cristiano terminaram na sexta colocação em suas respectivas baterias qualificatórias e não avançaram à final.  

Na esgrima, os dois representantes brasileiros não avançaram da fase de grupos em suas respectivas categorias e perderam todos os duelos no Sabre Individual B. Vanderson Luis Chaves perdeu para Istvan Tarjanyi (Hungria) por 5 a 1, para Alexander Kurzin (Comitê Paralímpico Russo) por 5 a 0, para Maxime Valet (França) por 5 a 1, para Grzegorz Pluta (Polônia) por 5 a 2 e para Pierre Mainville (Canadá) por 5 a 0. Monica Santos foi derrotada por Chisato Abe (Japão) por 5 a 1, por Boglarka Mezo (Hungria) por 5 a 1, por Olena Fedota (Ucrânia) por 5 a 1, por Irina Mishurova (Comitê Paralímpico Russo) por 5 a 3 e por Shumei Tan (China) por 5 a 0. No masculino, o ouro ficou com o chinês Hao Li, que venceu o ucraniano Artem Manko por 15 a 12, e o bronze, com o grego Panagiotis Triantaflyllou, que derrotou Maxime por 15 a 6. No feminino, Shumei conquistou o ouro derrotando Fedota por 15 a 7, enquanto o bronze ficou a chinesa Xiao Rong, que venceu a georgiana Irma Khetsuriani por 15 a 6.  

No ciclismo de pista, Ana Raquel Lins ficou em nono lugar no qualificatório dos 3000m C5 individual perseguição. Nesta etapa, qualificam-se as duas primeiras para a prova do ouro, enquanto terceira e quarta colocadas vão para a corrida do bronze. O ouro ficou com Sarah Dame, e a prata, com Crystal Lane-Wright, ambas do Reino Unido. O bronze ficou com Marie Patouillet da França.  

No tênis de mesa, diversos brasileiros estiveram em ação pela fase de grupos, mas foram apenas quatro vitórias. Na classe 9 feminina, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos entraram em quadra duas vezes. Danielle venceu na segunda partida do dia contra a turca Neshilan Kavas por 3 a 0 (11/3, 11/8 e 11/9) em 22 minutos de jogo, mas perdeu a primeira, de virada, para a húngara Alexa Szvitacs por 3 sets a 1 (11/9, 6/11, 9/11 e 6/9) em 35 minutos. Já Jennyfer perdeu os dois confrontos do dia. No primeiro, para a australiana Na Li Lei por 3 a 0 (11/4, 11/8 e 11/4) em 18 minutos de partida e, no segundo, para a sul-coreana Kun-Hea Kim por 3 a 1 (12/10, 9/11, 11/8 e 11/6) em 31 minutos. Na classe 3 masculina, David Freitas venceu por WO a partida contra o sueco Alexander Oehgren. Na feminina, Mariele Amaral Santos perdeu para a sul-coreana Jiyu Yoon por 3 a 0 (11/2, 11/6 e 11/1) em 14 minutos de jogo. Na classe 8, Luiz Felipe Manara foi derrotado pelo chinês Chao Qun Ye por 3 a 1 (9/11, 12/10, 15/13 e 12/10) em 35 minutos de uma partida bastante disputada. No feminino, Lethicia Lacerda perdeu para a norueguesa Ainda Dahlen por 3 a 0 (11/6, 11/8 e 11/5) em 22 minutos de duelo.  

Na classe 1-2, tivemos vitória brasileira de Cátia Oliveira por 3 sets a 1 sobre a finlandesa Aino Tapola (11/4, 7/11, 11/8 e 11/8) em 26 minutos de uma grande partida. Na classe 10, Carlos Carbinatti perdeu para o francês Mateo Boheas por 3 a 0 (11/4, 11/4 e 11/8) em 19 minutos. Na classe 7 feminina, Milena França saiu derrotada pela chinesa Rui Wang por 3 a 0 (11/4, 11/1 e 11/3) em 16 minutos. Já na masculina, Israel Stroh venceu o japonês Masachika Inque por 3 a 2 (13/11, 5/11, 9/11, 11/7 e 11/9) em longos 44 minutos de partida. Na classe 4, Joyce Oliveira foi derrotada pela chinesa Xiodan Gu por 3 a 0 (11/5, 11/4 e 11/3). Na classe 3, Welder Knaf está fora da Paralimpíada após o resultado de um exame surpresa coletado em 23 de fevereiro detectar positivo para diversos agentes anabolizantes proibidos pelo Código Mundial Antidoping. Ele não negou o uso delas, mas alegou recomendação médica para o uso. Welder já pegou o voo de volta para o Brasil. Na quarta (25/08), ele jogaria contra o chinês Ping Zhao, que, portanto, venceu por WO. A mesma situação viverá o irlandês Colin Judge, que enfrentaria o brasileiro na quinta (26/08).  

No goalball, o Brasil venceu a Lituânia, atual campeã paralímpica, no torneio masculino por 11 a 2. No mesmo grupo A, o Japão venceu a Argélia por 11 a 3. No feminino, pelo Grupo D, a equipe brasileira perdeu para os Estados Unidos por 6 a 4. Pela outra partida do grupo, a Turquia venceu o Japão por 7 a 1. 

Quadro de Medalhas  

O Brasil está em sétimo lugar no quadro de medalhas com um ouro, uma prata e dois bronzes. A Austrália é a primeira colocada com 10 medalhas: seis de ouro, uma de prata e três de bronze. Em seguida, a China com oito medalhas: cinco de ouro, uma de prata e duas de bronze. A Ucrânia também tem oito conquistas, mas apenas uma de ouro, cinco pratas e dois bronzes. O Comitê Paralímpico Russo é o quarto com três ouros, uma prata e dois bronzes, total de seis conquistas. O mesmo número tem a Grã-Bretanha, entretanto com um ouro, quatro pratas e um bronze. A Itália é a sexta com cinco medalhas: duas de ouro, uma de prata e dois bronzes.  

Agenda do Dia  

Tem mais Brasil na natação e mais Daniel Dias, que já entra na água pela raia 4 às 21h na primeira bateria qualificatória dos 100m livre S5 masculina. Às 21h08, temos três brasileiras em uma mesma bateria qualificatória disputando a prova feminina: Esthefany Rodrigues, Joana Maria Euzébio e Susana Schnarndorf, respectivamente nadando nas divisas 1, 3 e 8. A final masculina ocorre às 5h e a feminina às 5h07 de quinta-feira (26/08). Nos 100m livre S4, às 21h17, teremos Eric Tobera na segunda divisa competindo na primeira prova classificatória. A decisão será às 5h14 já de quinta. Nos 200m individual medley SM6, teremos dois brasileiros em provas qualificatórias. Talisson Glock estará na terceira divisória da segunda prova às 21h32, e, cinco minutos mais tarde, Roberto Alcade estará na terceira bateria nadando pela sétima divisa. A prova final ocorre às 5h22 de quinta (pelo horário de Brasília). Matheus Reine vai representar o país na segunda bateria dos 400m livre S11 na terceira divisa a partir das 22h03. A decisão ocorre às 6h já do dia seguinte. Para terminar, teremos revezamento 4 X 50m misto 20 pontos com o Brasil participando da primeira qualificatória na quinta raia a partir das 23h09. A final, que encerrará a programação do dia 2 na modalidade, vai acontecer às 8h01 de quinta. As competições ocorrerão no Centro Aquático de Tóquio.  

Tem disputas por medalha com o Brasil participando no ciclismo de pista também. A partir das 22h30, Carlos Alberto Gomes disputará a prova qualificatória dos 3000m perseguição individual masculina C1. A disputa do bronze acontecerá às 3h03, e a do ouro, às 3h10, ambas já no dia seguinte (horário de Brasília). André Luiz Grizante e Lauro Chaman disputarão o contrarrelógio 1000m C4-5 a partir das 2h também de quinta (26/08). As corridas acontecerão no Velódromo de Izu.  

O hipismo começa as suas competições, e teremos um brasileiro disputando medalhas no quarto grupo do teste individual de adestramento. Rodolpho Riskalla, com o Don Henrico, participará da prova às 6h09 de quinta-feira. A disputa começa às 5h51 e será realizada no Parque Equestre, contando com 15 competidores.  

Outra competição que terá o seu início na noite brasileira de quarta é o levantamento de peso. A partir das 23h, começa a prova masculina de até 49kg com João Maria Franca Júnior participando da competição. Lara Aparecida de Lima competirá na prova feminina até 41kg a partir da 1h já de quinta. Bruno Carra, a partir das 6h30, competirá na decisão da disputa masculina até 54kg. A competição ocorrerá no Fórum Internacional de Tóquio.  

Outra competição que terá brasileiros brigando por medalhas neste segundo dia de disputas é a esgrima, com mais dois representantes nossos em disputa na espada individual B. A partir das 21h, no duelo masculino, teremos Jovane Guissone disputando a fase de grupos contra Oleg Naumenko (Ucrânia), Daoliang Hu (China), Grzegorz Pluta (Polônia), Andrei Pranevich (Belarus), Alexander Kurzin (Comitê Paralímpico Russo) e Istvan Tarjanyi (Hungria). Já no feminino, a partir das 23h20, Carminha Oliveira, na primeira etapa, enfrentará Chui Yee Yu (Hong Kong), Natalia Mandryk (Ucrânia), Maya Juliia (Comitê Paralímpico Russo) e Zsuzsanna Krajnyak (Hungria).  

As oitavas de final começam a partir da 1h40 já na quinta (pelo horário de Brasília) no masculino e às 2h10 no feminino. A etapa de quartas de final será às 2h40 para os homens e às 3h10 para as mulheres. As semifinais na disputa masculina começam às 5h e, na feminina, às 5h30. A disputa do bronze masculina começa às 6h, enquanto a feminina acontece às 6h30. Por fim, a do ouro é às 7h30 para os homens e às 8h30 para as mulheres. Os duelos serão no Makahuri Messe. 

A fase de grupos do tênis de mesa em cadeira de rodas prossegue na quinta (26/08). Na classe 9, Jennyfer Marques Parinos vai jogar contra a polonesa Karolina Pek a partir das 9h20. Brasil X Polônia também é duelo na classe 1-2, com Cátia Oliveira enfrentando Dorota Buclaw às 23h40 de quarta. Na classe 7, às 6h, Israel Stroh vai enfrentar o egípcio Sayed Mohamed Youssef. Na classe 10, Carlos Alberto Carbinatti vai encarar o sul-africano Theo Cogill à 1h40. No mesmo horário, na classe 4, Joyce de Oliveira enfrenta a jordaniana Faten Elelmat. Às 8h, pela classe 3, David Andrade encara o tailandês Yuttajak Glinbancheun, e, às 8h40, Marilene Amaral Santos duelará contra a eslovaca Alena Kanova. No mesmo horário, pela classe 8, Luiz Felipe Manara jogará contra o sueco Linus Karlsson.  

Ainda na quinta-feira (26/08) pela manhã aqui no Brasil, também teremos duas estreias de brasileiros na modalidade. Às 5h20, pela classe 10, Bruna Costa Alexandre duelará contra a australiana Melissa Tapper, e, às 6h, Paulo Sérgio Salmin enfrentará o chinês Shuo Yan pela classe 7. Todas as partidas ocorrerão no Ginásio Metropolitano de Tóquio.  

À 1h15 de quinta, teremos a seleção masculina de Goalball em ação contra os Estados Unidos. A outra partida do Grupo A é Lituânia X Argélia às 7h. A equipe feminina não joga no dia, mas teremos uma partida do Grupo D (do Brasil) às 2h45: Egito X Turquia. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s