Sete campeões são conhecidos no primeiro dia da etapa de Zurique da Diamond League 2021  

Foto de capa: Fillip Bossuyt

Por Lucas Furtado Isaias

Diamond League, na quarta-feira (08/09), teve sete decisões no primeiro dia da etapa de Zurique (Suíça), que é dividida em duas partes e marca o encerramento da temporada de uma das mais importantes competições do atletismo mundial. Outros 25 campeões serão conhecidos no dia 9. Diferente de outras modalidades, não existem medalhas de ouro, prata ou bronze, apenas um troféu ao campeão e que faz jus ao nome do campeonato: um diamante.  

O grande destaque do primeiro dia de competições foi no salto em altura feminino com quebra de recorde histórico da etapa. Mariya Lasitskene, com 2m05cm, superou os 2m04 cm de Hestrie Cloete, que tinha conseguido o feito na edição de 2004. É o quinto título dela consecutivo no campeonato. Em entrevista, Lasitskene falou que estava muito feliz disputando provas na Suíça e deu mais detalhes sobre o desafio da etapa. “Este local é difícil e fantástico ao mesmo tempo. Difícil por causa da prova e fantástico por causa dos espectadores. Sim, por diversas vezes eu pedi para ficarem calmos porque eu precisava me concentrar. Esta temporada foi, realmente, fantástica”, comentou.

Outro momento marcante do dia foi na prova do lançamento de peso feminino, que teve Maggie Ewen conseguindo seu melhor desempenho da temporada, com 19m41cm, conquistando o título e ficando próxima de sua melhor marca pessoal, de 19m47cm, feita no Desafio Estados Unidos X Europa em 2019. Em entrevista após a marca, ela falou sobre o seu desempenho no ano. “Minha temporada foi de altos e baixos, mas sigo trabalhando e acreditando, e você obtém momentos maravilhosos como esse”, afirmou. Na prova masculina, Ryan Crouser venceu alcançando a melhor marca da história da etapa com 22m67cm, superando os 22m60cm de Tomas Walsh em 2018.  

No salto em distância feminino, a sérvia Ivana Spanovic venceu o torneio com 6m96cm e conseguiu o seu terceiro título na competição. Já na versão masculina, o sueco Thobias Montler venceu a prova com um salto de 8m17cm. Nos 500m feminino, a vitória foi da burundiana Francine Niyonsaba, que conquistou a prova em 14min28seg98. Por fim, na masculina, o etíope Berihu Aregawi venceu a prova final com 12min58seg65.  

Programação do segundo dia (horário de Brasília) 

12h50 – Final do Salto com Vara Feminino* 

13h20 – Final do Lançamento de Disco Feminino* 

13h20 – Final do Lançamento de Disco Masculino* 

13h40 – Final do Salto Triplo Feminino* 

13h40 – Final do Salto Triplo Masculino* 

14h04 – Final dos 400m Feminino 

14h15 – Final dos 400m Masculino  

14h26 – Final dos 300m com Obstáculos Feminino  

14h46 – Final dos 100m com Barreiras Feminino 

14h58 – Final dos 110m com Barreiras Masculino  

15h06 – Final dos 1500m Feminino 

15h15 – Final do Salto com Vara Masculino  

15h17 – Final dos 1500m Masculino  

15h22 – Final do Lançamento de Dardo Masculino 

15h22 – Final do Lançamento de Dardo Feminino 

15h25 – Final do Salto em Altura Masculino  

15h29 – Final dos 100m Feminino 

15h38 – Final dos 100m Masculino  

15h46 – Final dos 3000m com Obstáculos Masculino  

16h03 – Final dos 800m Feminino 

16h13 – Final dos 800m Masculino 

16h25 – Final dos 400m com Barreiras Feminino  

16h35 – Final dos 400m com Barreiras Masculino  

16h44 – Final dos 200m Feminino 

16h52 – Final dos 200m Masculino  

*Provas que começam antes do início da transmissão mundial para televisão, que será às 14h. No Brasil, a prova será transmitida por SporTV2 e BandSports. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s