Brasileiros conquistam mais de 100 pódios e ficam com o primeiro lugar geral dos Jogos Pan-Americanos Júnior 2021 

Foto de capa: Reprodução/Isto É.

Por Rodrigo Glejzer

O Brasil encerrou os Jogos Pan-Americanos Júnior de Cali 2021 como líder do quadro geral de medalhas. Foram 164 pódios conquistados em 35 das 38 modalidades disputadas por atletas brasileiros, com até 23 anos, entre os dias 26/11 e 05/12. Além do primeiro lugar, a equipe verde e amarela também garantiu, de forma antecipada, 77 vagas para os Jogos Pan-americanos em Santiago daqui a dois anos.  

Medalhas em todos os dias 

Responsáveis pelas competições, os colombianos dividiram as competições em sete sedes diferentes com Cali recebendo o maior número de eventos (22), seguida por Camila El Darien (4), Yumbo (4), Palmira (3) Buga (3), Barranquilla (2) e Jamundi (2). Grande vencedor do torneio, o Brasil ganhou medalhas em todos os dias de competição e teve a natação como destaque ao alcançar 40 medalhas (19 ouros, 15 pratas e 6 bronzes) na modalidade. Atletismo (30), Judo (11), Ginástica Rítmica (10), Tenis de Mesa (6) e Karatê (6) fecharam o top 5 das categorias com mais brasileiros nos pódios. 

Depois de disputar as Olimpíadas no Japão, Pamela Rosa voltou a representar o país em competições internacionais. Atual campeã mundial de skate, a paulista conquistou o ouro no skate street com bastante folga ao alcançar 12.28 pontos na marcação final. Em segundo lugar, a mexicana  Itzel Flores chegou apenas em 8.74, enquanto a estadunidense Poe Pinson parou nos 6.88 e ficou com a medalha de bronze.  

Pamela Rosa comemorou bastante seu ouro nos Jogos Pan Americanos 2021 – Crédito: Reprodução/Instagram Pamela Rosa.

Outra atleta remanescente dos últimos jogos olímpicos, a nadadora Stephanie Balduccini saiu do pan-americano júnior como a maior medalhista de toda a competição. Aos 17 anos, a atleta conseguiu sete medalhas de ouro e ainda garantiu presença no Chile nos 50m e 100m livre. Além de sair vitoriosa nas duas provas mais rápidas da natação, a “Miss Pan” ainda integrou as composições vencedoras nos 4x100m e 4x200m livre; 4x100m medley; 4x100m livre misto; e 4x100m medley misto.

Levando sete medalhas de ouro para casa, Balduccini foi um dos grandes destaques brasileiros na Colômbia – Crédito: Reprodução/Twitter Time Brasil.

Campeão sul-americano com a seleção principal neste ano, Adriano Xavier voltou a se destacar pelo Brasil nas quadras de vôlei. Com 19 anos, o mineiro não só levou a medalha de ouro como também faturou os prêmios de melhor jogador (MVP) e sacador da competição. Escolhido para o time ideal do torneio, o ponta teve atuação fundamental e ajudou a equipe brasileira a bater o México por 3 a 0 na final. 

Com experiência na seleção principal, Xavier foi o grande nome do vôlei masculino em Cali.
Crédito: Reprodução/Twitter Time Brasil.

Santiago é logo ali 

Com as seguidas vitórias em terras colombianas, diversos brasileiros já conseguiram garantir vaga para a próxima edição dos Jogos Pan Americanos em 2023 na capital chilena de Santiago: 

  1. Skate Street – Pâmela Rosa, Lucas Rabelo.  
  1. Taekwondo – Sandy Macedo (57kg)  
  1. Judô – Aléxia Nascimento (48kg), Luana Carvalho (70kg), Gabriel Falcão (73kg), Eliza Ramos (78kg), Kaio Santos (100 kg) 
  1. Karatê – Bárbara Rodrigues (68 kg), Giovani Salgado (acima de 84 kg) 
  1. Natação – Stephanie Balduccini (50 e 100m livres), Victor Alcará (50m livre), Kayky Mota (100m livre), Breno Correia (100m livre) Clarissa Rodrigues (100m livre), Breno Correia (200m livre), Ana Carolina Vieira (200m livre), Matheus Gonche (200m borboleta), Maria Paula Heitmann (400m livre), Beatriz Dizotti (1500m livre), Pedro Dizotti (1500m livre) 
  1. Atletismo – Pedro Henrique Rodrigues (lançamento de dardo), Isabel Quadros (salto com vara), Alencar Chagas (lançamento de martelo), Erik Felipe (100m), Chayenne da Silva (400m com barreira), Mirelle Leite da Silva (3.000m com obstáculos)  
  1. Ginástica – Maria Eduarda Alexandre (Ritmica – Individual Geral), Rayan Dutra (Trampolim – Individual) 
  1. Patinação em Velocidade – Guilherme Abel Rocha (200m contra o relógio e 500m) 
  1. Vôlei de Quadra – Equipes masculina e feminina 
  1. Vôlei de Praia – Victória Lopes/Thainara Oliveira e Renato Andrew/Rafael Andrew 
  1. Handebol – Equipes masculina e feminina 
  1. Triatlo – Miguel Hidalgo 
  1. Decatlo – José Ferreira Santana 
  1. Wrestling – Igor Queiroz (greco-romana – 97kg)  
Brasileiros do atletismo levaram 10 medalhas de ouro e foram a segunda modalidade brasileira com mais medalhas – Crédito: Wagner Carmo/CBAt.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s