Saiba mais sobre a Supercopa do Brasil de Futebol Feminino que estreia em 2022 

Foto de capa: Lucas Figueiredo/CBF

Por Lucas Furtado Isaias

O futebol feminino ganha um novo torneio em seu calendário a partir de 2022: a Supercopa do Brasil feminina, que abrirá a temporada de competições de clubes nacionais. Diferentemente da versão masculina, que tem um jogo único entre o campeão do Campeonato Brasileiro e o vencedor da Copa do Brasil (ou o vice-campeão nacional em caso de um mesmo clube ganhar os dois torneios), oito times participam da Supercopa feminina em formato eliminatório. Na primeira edição, Corinthians, Palmeiras, Grêmio, Internacional, Cruzeiro, Esmac, Real Brasília e Flamengo disputarão a competição que acontecerá entre os dias 6 e 13 de fevereiro.  

O torneio terá a participação de oito clubes que são limitados por um de cada estado entre os 12 melhores da Série A1 e os quatro primeiros da A2. Caso o critério não seja possível de ser cumprido, as federações mais bem ranqueadas no Ranking Nacional das Federações (RNF/FF) ganharão mais uma vaga para preencher a lacuna. Os estados de São Paulo e Rio Grande do Sul foram beneficiados, desta vez, com a medida, já que o Palmeiras foi o vice-campeão da A1, e o Grêmio chegou até as quartas de final do torneio, sendo eliminado, justamente, pelo Verdão.  

No levantamento de 2021, a Federação Paulista foi a primeira colocada com 71.896 pontos, e a Gaúcha foi a sexta com 12.532, ficando atrás de Rio de Janeiro (18.864), Bahia (16.400) e Pernambuco (14.180), que não cumpriram os critérios. Além de Santa Catarina (13.620), que poderia ter o Avaí Kindermann no torneio, mas a família que mantinha o clube encerrou as atividades em novembro.  

O torneio será realizado em três fases: quartas de final, semifinais e final, sempre em jogos únicos e, em caso de as partidas terminarem empatadas no tempo regulamentar, a vitória será decidida nos pênaltis. Os duelos de quartas de final serão decididos em sorteio. De acordo com o regulamento da competição, o primeiro sorteado enfrentará o último sorteado, o segundo duelará contra o sétimo, o terceiro jogará com o sexto, e o quarto escolhido enfrentará o quinto. Cada jogo será definido como um grupo de A a D. Nas semifinais, o grupo A joga contra o B, e o C, contra o D.  

O mando de campo das partidas será definido pelo clube da Federação mais bem colocada no levantamento de federações ou pela posição do time no Ranking Nacional de Clubes (RNC). Em caso de empate nos dois critérios, o mando será decidido por sorteio.  

A Supercopa é uma das novidades que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vem criando no futebol feminino brasileiro para acelerar o seu desenvolvimento. Outra novidade para 2022 é a criação da Série A3 do Campeonato Brasileiro, com 32 clubes e que será realizada entre 21 de maio e 27 de agosto. 

Um comentário sobre “Saiba mais sobre a Supercopa do Brasil de Futebol Feminino que estreia em 2022 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s