Com atuação decisiva de Stetson Bennett, Georgia derrota Alabama e é campeã do College Football após 41 anos

Foto de capa: GettyImages

Por Lucas Furtado Isaias 

Em uma reedição de um duelo histórico da final do College Football, Georgia escreveu uma história diferente da decisão da temporada 2017 e derrotou Alabama por 33 a 18. Com uma atuação impecável de Stetson Bennett, que anotou dois touchdowns fundamentais para a vitória num movimentado período final e fizeram a equipe conquistar o campeonato após 41 anos de jejum. O jogo, em sua maioria do tempo, foi marcado pela defesa atuante das duas equipes, que fez o primeiro touchdown sair apenas no final do terceiro período. Bennett foi escolhido o melhor jogador ofensivo da final, e o colega de equipe, Lewis Cine, o melhor jogador de defesa na partida. A final desta temporada ocorreu no Lucas Oil Stadium, em Indianapolis. 

O primeiro tempo teve vários fields goals, sendo que logo após o jogo começar, Jordan Davis quase fez um touchdown para Alabama com 1min37seg de jogo, mas após revisão foi detectado passe incompleto de Bryce Young. Os seis pontos foram anulados. A partir dali, o jogo foi bastante defensivo com apenas brechas para lances livres. Will Reichard, faltando 9min55seg para o fim do período, abriu o placar para Alabama. 

No segundo quarto, a defesa novamente atuou e conseguiu impedir o ataque das duas equipes, mas com a Georgia pressionando mais os adversários. Faltando 12min35seg, Jack Podlesny fez um field goal e empatou o jogo. Will conseguiu abrir uma vantagem para Alabama acertando os lances com 11min12seg e 7min07seg para o fim do primeiro tempo. Podlesny acertou outro lance livre e diminuiu a diferença faltando 3min09seg restantes de período.  

O jogo foi para o intervalo com um placar de 9 a 6 a favor de Alabama e com a possibilidade de fechar como um dos jogos com placares mais baixos das finais do College. O jogo defensivo continuou sendo a marca de boa parte do terceiro período, mas Alabama dominava o quarto e obteve a posse de bola por 7min45seg de jogo seguidos. A Georgia conseguiu, em seguida, atacar a defesa adversária e ficou bem próxima da endzone . Com 1min20seg para o fim do período, com uma jarda, Zamir White fez o primeiro touchdown do jogo e virou a partida.  

O quarto período foi o contraste de todos os outros do jogo, com muita intensidade do ataque das duas equipes. Com 2min01seg de quarto, Reichard fez um novo field goal para Alabama que diminuiu a diferença para um ponto. Restando 10min14seg para o fim de jogo, Cameron Latu fez uma recepção para Brounce Young colocar Alabama novamente na frente, mas ele falhou no lance para o ponto extra. A liderança durou apenas 1min55 de jogo porque a estrela de Stetson Bennett brilhou após receber passe de Adonai Mitchell e fazer a equipe da Georgia virar, de novo, e passar a dominar a partida. Com 3min33seg para o fim, Bennett desequilibrou novamente após receber um passe de 15 jardas de Brock Bowers e ampliar o placar levando a torcida georgiana ao êxtase.  

Com oito pontos de diferença, Alabama buscava reagir e acreditava em uma virada de jogo, mas a defesa adversária neutralizou todas as possibilidades de chegar próximo à endzone adversária. Kelle Ringo, faltando 54 segundos para o fim do confronto, interceptou a bola adversária e conseguiu driblar os oponentes atravessando 79 jardas do campo, e fazer o touchdown que sacramentou a vitória da Georgia.  

O time conseguiu fazer uma campanha perfeita, com apenas uma derrota justamente para os rivais da final, dando alegria para a torcida após viver momentos dramáticos na derrota por 26 a 23 na decisão da temporada 2017, decidida na prorrogação com um touchdown de Tua Tagovailoa, de virada. Assim como na final realizada em 2018, o confronto realizado em 10 de janeiro de 2022 é um duelo que entra para a história como um dos mais importantes e emocionantes do College Football, com um jogo repleto de viradas e muita emoção.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s