Corinthians vence Real Brasília e avança para final da Supercopa do Brasil Feminina 2022 

Foto de Capa: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF

Por Lucas Furtado Isaias

O Corinthians é finalista da Supercopa do Brasil Feminina após vencer na semifinal o Real Brasília por 2 a 0 e enfrentará o Grêmio no dia 13 de fevereiro às 10h30. Com Tamires em uma grande noite e conseguindo driblar a forte marcação adversária durante toda a partida, a equipe carimbou o seu passo na final com gols de Jhenifer e Tamires. A equipe de Brasília conseguiu se destacar pela marcação e pela goleira Dida que fez grandes defesas ao longo do jogo.  

O jogo começou com Real Brasília buscando chances ao gol. Aos 6min de jogo, Maiara chutou pro gol, mas Kemelli conseguiu defender a cobrança. Mesmo com todas as dificuldades, o Corinthians se esforçou para driblar a marcação forte da equipe brasiliense e aos poucos conseguiu ganhar espaço. Aos 16min, Tamires passou para Gabi Zanotti que chutou pro gol, mas Dida defendeu. Cinco minutos depois, Adriana fez um belo passe, driblando a marcação e finalizou, mas a goleira do time brasiliense defendeu a cobrança. O Corinthians com o tempo passou a pressionar a defesa e buscar mais chances ao gol e aos 39min, Tamires chegou na área, mas foi furada pela Carol Gomes, só que ela perdeu a bola para a Adriana que arriscou na marcação e no rebote, Jhenifer abriu o placar para o time paulista.  

Na segunda etapa, o Corinthians seguiu desequilibrando o jogo com a criação de jogadas e aos 5min, conseguiu ampliar a diferença após roubada de bola da Tamires, ela deu para Liana Salazar que, sem marcação na frente conseguiu fazer o segundo gol do time. A equipe brasiliense seguiu com dificuldades de criação e na etapa fez o lance mais perigoso aos 18min com Dany Helena que recebeu passe de Maria, após erro de Yasmin, mas não conseguiu fazer uma boa finalização. O time paulista ainda teve duas grandes de fazer mais gols: aos 19min, Bianca finaliza, mas Dida defendeu, mas Jaqueline pegou o rebote e acabou chutando pra fora. Aos 24, de meia lua, Bianca chutou pro gol, mas a goleira do time brasiliense faz mais uma boa defesa.  

Dida fazendo uma defesa na derrota do Real Brasília para o Corinthians (Foto: Rebeca Reis/Staff Images Woman/CBF)

Ficha Técnica

Corinthians: Kemelli, Katiusca, Giovana Campiolo (Juliete), Tarciante e Yasmin; Diany, Gabi Zanotti (Ellen), Liana Salazar (Jaqueline) e Tamires (Grazielle); Adriana e Jheniffer (Bianca). Técnico: Arthur Elias 

Real Brasília: Dida, Roberta Schroeder (Nenê), Petra, Belão e Bruna Natieli (Marina Dias); Sassá, Maiara Santos e Gaby Soares; Marcela (Dany Helena), Carol Gomes e Geovana Cristina. Técnico: Adilson Galdino  

Arbitragem: Árbitra – Adeli Monteiro, Assistentes – Leandra Aires e Patrícia Carla e Quarto Árbitro – Pietro Dimitrof  

Gols: Jhenifer (Corinthians – 1°T/39min), Liana Salazar (Corinthians – 2°T/4min)  

Cartão Amarelo: Adriana (Corinthians)  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s