UFC 271: Robert Whittaker tenta, mas não consegue tirar o cinturão dos médios das mãos de Israel Adesanya 

Foto de Capa: Getty Images

Por Lucas Santos

O ex-campeão dos médios, Robert Whittaker, tentou de tudo, mas não conseguiu vencer a revanche contra Israel Adesanya em Houston, no sábado (13/02). O nigeriano defendeu seu título pela quarta vez ao vencer o australiano por decisão unânime (48-47, 48-47, 49-46), usando sua envergadura e movimentação para frustrar a estratégia do adversário. 

No primeiro encontro, Whittaker foi agressivo além da medida, se expondo demais contra aquele que, na opinião de muitos, é o melhor contragolpeador da empresa, e acabou nocauteado em menos de 9 minutos de prosa. Desta vez então, ele usou a paciência e estratégia, tendo o jab como principal arma. Mas a envergadura do campeão dificultava o jogo. Logo no primeiro assalto, Adesanya usou chutes baixos para tirar a base do rival e chegou a derrubá-lo com um golpe de esquerda. 

Whittaker aparentava estar desmotivado no primeiro intervalo, perdido com a estratégia falha. Ao retornar, o australiano decidiu erguer a cabeça e seguir em frente, misturando seu jab com as quedas. Porém, com o jogo de evasão do campeão, as tentativas de derrubadas não eram efetivas e Robert não conseguia driblar a movimentação do adversário. Durante o terceiro e o quarto assalto, os dois apenas se circulavam, com poucas iniciativas de ataque de ambos os lados. 

Adesanya acerta joelhada em Whittaker – Créditos: Getty Images 

O único assalto com vencedor claro foi o último. O australiano pressionou o campeão no quinto round e o derrubou múltiplas vezes, mas falhou em estabilizar as posições. No final, os jurados foram unânimes em favor de Adesanya, que despachou de vez seu maior competidor. Sem perder tempo, o nigeriano pediu para voltar em junho contra outro vencedor na noite, o terceiro ranqueado Jared Cannonier. 

Entrevista de Israel Adesanya – Reprodução/YouTube 

Tai Tuivasa resiste e nocauteia o favorito de Houston Derrick Lewis  

Tuivasa comemora em cima de um Lewis nocauteado – Créditos: Getty Images 

Os pesos pesados têm um novo lutador no topo. Tai Tuivasa foi à Houston e nocauteou o herói local Derrick Lewis. Mas a vitória não veio sem sufoco. Em um duelo de mãos pesadas, o “Black Beast” começou mais forte e acertou bons golpes, forçando o australiano a recuar para a grade. Sem alternativas, Tuivasa decidiu apenas trocar cruzados com o oponente até que alguém caísse. 

E o plano deu certo. No começo do segundo assalto, Tai acertou uma mão direita que balançou Lewis e o fez tropeçar até a grade. Sem perder tempo, ele conectou uma cotovelada limpa que fez Derrick desmoronar no tablado. O triunfo catapultou Tuivasa de décimo primeiro para o Top 3, que agora está muito próximo de uma chance pelo título. 

Jared Cannonier nocauteia Derek Brunson e se candidata a desafiar o cinturão dos médios 

Jared Cannonier tem sua vitória anunciada – Créditos: Getty Images 

Surge o próximo desafiante no peso médio. Jared Cannonier suou para impedir as quedas de Derek Brunson, mas conseguiu sobreviver e nocautear o oponente no segundo assalto. Já na terceira posição nos rankings, o lutador pediu ao presidente Dana White uma chance pelo cinturão da categoria, já que o campeão Israel Adesanya também possui interesse em enfrentá-lo, classificando-o como carne fresca. 

 O objetivo para Cannonier era claro, defender as quedas e buscar o nocaute. No primeiro assalto, Brunson foi implacável, se atirando nas pernas do oponente a todo custo. Eventualmente, conseguiu derrubar e encaixar uma finalização nos últimos segundos. Mas toda a energia gasta cobrou seu preço. Os movimentos e entradas eram cada vez mais telegrafadas, e no fim do segundo round, com um bom golpe com as costas da mão, Jared balançou Derek que perdeu o controle das pernas. Foi presa fácil para o “Killa Gorilla”, que arremessou oponente desnorteado ao chão e o finalizou com uma sequência de cotoveladas, em um adversário já inconsciente. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s