Edoardo Mortara vence o E-Prix de Marrakesh da Fórmula E e acirra disputa pelo título

Foto de capa: LAT Images 

Por Lucas Furtado Isaias

Edoardo Mortara venceu no sábado (02/07) o E-Prix de Marrakesh da Fórmula E, reassumiu a liderança do campeonato e deixou a briga pelo título mais acirrada, restando seis provas para o fim do campeonato. A diferença entre os quatro primeiros colocados na classificação é de 15 pontos. Em uma corrida com muita disputa pela vice-liderança, António Félix da Costa terminou na segunda posição seguido de Mitch Evans. Jean-Éric Vergne, vice-líder da Fórmula E 2022, terminou em quarto e Lucas Di Grassi terminou em quinto. 

A largada começou com António Félix da Costa sustentando a liderança conquistada no treino classificatório e Paschal Wehrlein sendo superado por Jake Dennis. O alemão também teve sua posição ameaçada por Mitch Evans e foi superado com três minutos de prova. Oliver Rowland aproveitou a situação e colocou Wehrlein em sétimo. No minuto seguinte, Nick de Vries fez uma belíssima ultrapassagem para superar Oliver Askew e conseguiu o nono lugar.  

Aos 10 minutos de prova, António Félix da Costa, que liderava a prova, perdeu a posição para Mortara e também foi superado por Oliver Rowland. Os dois pilotos revezaram na segunda posição durante boa parte da prova até os 17 minutos quando o inglês caiu para a quarta posição após ser superado por Mitch Evans. No minuto seguinte, o australiano assumiu a vice-liderança se aproveitando do modo ataque, dispositivo que aumenta a potência do carro que os pilotos são obrigados a usar na prova, e ficou até os 25 minutos quando o português retomou a segunda posição. 

Com meia hora de prova, o brasileiro Lucas Di Grassi ascendeu na prova, superando Jake Dennis e alcançou a sexta posição. De Vries, em seguida, superou o britânico que caiu para o oitavo lugar. Aos 34 minutos, Jean-Éric Vergne assumiu a segunda posição da corrida. Três minutos depois, Di Grassi e De Vries superaram Rowland e o brasileiro ficou com a quinta posição, sustentando a posição pelo restante da prova.  

Aos 40 minutos de corrida, Vergne passou a sofrer com o desgaste do carro, sendo superado por Félix da Costa e na última volta foi superado por Mitch Evans, terminando em quarto. Rowland foi outro que sentiu a intensidade da corrida no final, em um intervalo de cerca de 30 segundos, foi superado por Dennis e Stoffel Vandoorne e caiu para nono. Nos últimos metros antes de cruzar a linha de chegada foi superado por Sam Bird e terminou em décimo. 

Outro brasileiro na competição, Sérgio Sette Câmara terminou a prova em 20° numa atuação apagada da Dragon/Penske. O colega de equipe, Antonio Giovinazzi foi o 19° e os pilotos são os únicos que não pontuaram, até o momento, no campeonato.  

Edoardo Mortara, com o resultado, fica na liderança do campeonato com 139 pontos, 11 a mais que Vergne e, faltando seis provas para o fim da temporada, briga pelo título. Vandoorne e Robin Frijns também estão muito próximos dos adversários. No campeonato de equipes, Rokit Venturi, Techeetah e Mercedes brigam pelo título e estão separados com uma diferença de sete pontos.  

Nova York será palco da próxima rodada dupla de corridas com etapas em 16 e 17 de julho.  

Resultado do e-Prix 

  1. Edoardo Mortara (44 – Rokit Venturi Racing) – 46:45.510 
  1. António Félix da Costa (13 – DS Techeetah) [P] – +2.297  
  1. Mitch Evans (09 – Jaguar TCS Racing) – +6.270  
  1. Jean-Éric Vergne (25 – DS Techeetah) – +6.965 
  1. Lucas Di Grassi (11 – Rokit Venturi Racing) [V] – +7.787 
  1. Nyck de Vries (17 – Mercedes-EQ Formula E Team) – +8.394 
  1. Jake Dennis (27 – Avalanche Andretti Formula E) – +12.084 
  1. Stoffel Vandoorne (05 – Mecedes-EQ Formula E Team) – +14.541 
  1. Sam Bird (10 – Jaguar TCS Racing) – +15.048 
  1. Oliver Rowland (30 – Mahindra Racing) – +15.270 
  1. Oliver Askew (28 – Avalanche Andretti Formula E) – +16.336 
  1. Pascal Wehrlein (94 – TAG Heuer Porsche Formula E Team) – +30.043 
  1. Nick Cassidy (37 – Envision Racing) – +31.970 
  1. Alexander Sims (29 – Mahindra Racing) – +32.332 
  1. André Lotterer (36 – TAH Heuer Porsche Formula E Team) – +32.364 
  1. Sebastién Buemi (23 – Nissan E.Dams) – +33.707 
  1. Oliver Turvey (03 – NIO 33 FE Team) – +35.018 
  1. Robin Frijns (04 – Envision Racing) – +35.686 
  1. Antonio Giovinazzi (99 – Dragon/Penske Autosport) – +40.887 
  1. Sérgio Sette Câmara (07 – Dragon/Penske Autosport) – +42.764 

Os pilotos Maximilian Günther (22 – Nissan E.Dams) e Dan Ticktum (33 – NIO 33 FE Team) não completaram a prova.  

[P] – Pole Position (+3 pontos) 

[V] – Melhor Volta da Corrida (+1 ponto entre os dez primeiros colocados)  

Highlights do e-Prix  

Melhores momentos da etapa de Marrakesh – Youtube Formula E

Classificação do Campeonato de Pilotos  

° Piloto Pontos 
01 Edoardo Mortara 139 
02 Jean-Éric Vergne 128 
03 Stoffel Vandoorne 125 
04 Mitch Evans 124 
05 Robin Frijns 81 
06 António Félix da Costa 75 
07 Nyck de Vries 73 
08 Lucas Di Grassi 66 
09 André Lotterer 61 
10 Pascal Wehrlein 55 
11 Jake Dennis 42 
12 Sam Bird 31 
13 Nick Cassidy 16 
14 Oliver Rowland 11 
15 Sébastien Buemi 10 
16 Oliver Turvey 6 
17 Oliver Askew 2 
18 Alexander Sims 2 
19 Maximilian Günther 2 
20 Dan Ticktun 1 
21 Sérgio Sette Câmara 0 
22 Antonio Giovinazzi 0 

Classificação do Campeonato de Equipes 

° Equipe Pontos 
01 Rokit Venturi Racing 205 
02 DS Techeetah 203 
03 Mercedes-EQ Formula E Team 198 
04 Jaguar TCS Racing 155 
05 TAG Heuer Porsche Formula E Team 116 
06 Envision Racing 97 
07 Avalanche Andretti Formula E 44 
08 Mahindra Racing 13 
09 Nissan E.Dams 12 
10 NIO 33 FE Team 7 
11 Dragon/Penske Autosport 0 

Com São Paulo, Fórmula E divulga calendário provisório da temporada 2023 

A Fórmula E, no dia 29 de junho, divulgou o calendário provisório da temporada 2023 da competição com a confirmação das entradas das cidades de Hyderabad e de São Paulo no calendário. A capital do estado de Telangana, na Índia, receberá o quarto E-Prix do ano em 11 de fevereiro, enquanto a capital paulista receberá a sétima prova em 25 de março. O começo da temporada será em 14 de janeiro na Cidade do México.  

O calendário confirma também que Jakarta, que recebeu a categoria pela primeira vez nesta temporada, será uma das cidades que terá rodada dupla com corridas em 3 e 4 de junho. Diriyah, Seoul, Roma e Londres também estão confirmadas com dois dias seguidos de corridas. A capital britânica encerrará a temporada nos dias 29 e 30 de julho. Ainda estão vagas as datas de 25 de fevereiro, 11 de março e 24 de junho.  

O E-Prix de São Paulo será realizado no Anhembi, palco dos desfiles das escolas de samba do carnaval paulistano. O local também já recebeu a São Paulo Indy 300, etapa da Fórmula Indy no país, entre 2010 e 2013.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s