Conheça oito dos maiores museus da África do Sul e entenda melhor sobre a história da cidade de Cape Town

Foto de capa: Yago Souza  

Por: Yago Souza  

Na África do Sul, em Cape Town, existem vários museus com temas únicos no continente. A ida aos museus vai muito além de apenas fotos, sendo um aprofundamento do conhecimento da cidade. Confira abaixo alguns dos museus mais importantes de Cape Town: 

Iziko South African Museum

 Legenda: Parte do museu destinada a esqueletos de baleias / Foto: Yago Souza

 É o museu mais completo da África do Sul, contando com um acervo e uma diversidade enorme. No local, é possível ver réplicas de animais terrestres, marinhos e aéreos em tamanho real. Há exposições  que contam sobre o passado do continente africano e de Nelson Mandela. É possível encontrar espaços que falam unicamente de baleias, águas vivas, abelhas, e sobre a galáxia. Além disso tudo, o espaço conta ainda com fósseis e hologramas. 

O local tem o maior e mais avançado observatório digital do continente. A entrada para estudantes é de 30 Rands (moeda local do país). 

 South African Jewish Museum 

Legenda: Escada caracol , circulando o museu feito em metal/ foto: Yago Souza  

O espaço conta com toda a trajetória do povo judaico desde que chegaram no país até os dias atuais. É possível encontrar um espaço com uma enorme maquete em tamanho real de uma vila antiga de judeus, além de itens como jornais, pequenas maquetes de mesquitas, carros, espaço de cinema, roupas, documentos históricos e um grande espaço com obras de arte feitas por estudantes do colégio Herzlia High School

A dinâmica do museu mostrando o passado e futuro faz forte paralelo da história desse povo, principalmente para as pessoas que não conhecem profundamente a importância dos judeus para o crescimento e desenvolvimento da cidade. 

Bettina Whistler, recepcionista do museu, fala um pouco sobre a importância do local: “O museu é muito importante para mostrar a coletividade dos judeus da Lituânia. Aqui se representa a evolução da tradição judaica. Os estudantes são o passado e o futuro da tradição, por isso esse espaço para ele.” 

A entrada ao local é de 50 Rands para estudantes. 

Iziko Slave Lodge

Legenda: Antigo mapa da cidade / foto: Yago Souza  

Um museu impactante e de extrema importância para a cidade, mostrando a história da colonização dos ingleses na África do Sul. Na exposição há armas, documentos e fotos que conseguem explicar bem sobre como funcionou esse período tão difícil do continente. Além desse tema principal (a colonização), o museu conta com uma pequena área com itens egípcios. 

O local faz questão de passar a realidade das pessoas negras até os dias atuais. A entrada ao museu para estudantes é de 10 Rands. 

Iziko Bo-Kaap Museum

Legenda: Entrada do museu / foto: Yago Souza  

Este espaço conta somente com itens do povo mulçumano, que foram os fundadores do bairro Bo-Kaap. Nos dias atuais, o bairro ainda abriga a maioria dos habitantes da religião Islã. No museu é possível encontrar itens como quadros, pinturas, tapetes, esculturas e objetos desse povo.  

A ida ao museu é muito importante para conhecer melhor essa rua tão famosa da cidade, trazendo o conhecimento de que Bo-Kaap vai muito além de apenas um bairro de casas coloridas. O museu conta com a entrada para estudantes de 10 Rands.  

Zeitz Museum of Contemporary Art Africa

Legenda: Fachada do prédio que se localiza o museu / foto: Yago Souza  

Um museu moderno com uma arquitetura muito bem desenvolvida. Conta com exposições bem diferentes umas das outras, com quadros, fotografias, esculturas e muito mais. 

Esse é o maior museu de arte contemporânea de toda África, tendo exposições rotatórias. Atualmente conta com quatro grandes mostras: Johannes Phokela: Only Sun in The Sky Knows How I Feel, Two Together, Indigo Waves and Other Stories: Re-Navigating The Afrasian Sea And Notions of Diaspora, The Five Continents of All Our Desires. 

Todas as exposições contam com críticas sociais e estilos completamente diferentes. O valor do museu é 230 rands. 

Cape Town Holocaust & Genocide Centre 

Legenda: Área destinada a Anne Frank / foto: Yago Souza  

Um museu completo, com diversos textos, fotos, vídeos, artigos e comerciais reais da época do nazismo. Sua entrada gratuita leva-se em conta o não-lucro em cima da época da Segunda Guerra Mundial. 

Adrienne Sprout, secretária do museu, diz um pouco sobre o motivo desse lugar ter uma importância tão grande: “O museu é de extremo valor. As pessoas podem ouvir falar ou ler em livros sobre a história da época, mas estar aqui é ver coisas reais, se imergir. É totalmente diferente, pois se consegue realmente entender melhor o que se passou na época”. 

Castelo da Boa Esperança

 

Legenda: Foto tirada da Tablet Mountain, mostrando uma perspectiva da área superior do castelo/ foto: Yago Souza  

O Castelo da Boa Esperança conta com três áreas de museu. Entre elas, duas são com itens reais do castelo nos tempos passados, e outra é uma área destinada aos militares da época, com maquetes do castelo. Além disso, ainda é possível percorrer por todas as áreas do local, que conta com um formato de pentágono. 

Visitas guiadas ocorrem de 30 em 30 minutos, contando toda a história do castelo e descrevendo todos os itens dos museus. O preço para entrar é de 15 Rands para estudantes. 

District Six Museum 

Legenda: Parte central do museu /foto: Yago Souza  

Este museu conta a história do Distrito 6, local onde milhares de pessoas negras foram despejadas durante a época do Apartheid para o embranquecimento do país. No museu, você consegue encontrar documentos, fotografias e maquetes de casas e de lojas da época. 

Mesmo não muito grande, o museu consegue transmitir uma parte muito forte do Apartheid, uma problemática que foi muito comum no passado do país. A entrada para estudantes é gratuita no local.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s