5 museus Europeus para visitar sem sair de casa: saiba como conhecer obras de arte pelo mundo virtualmente

Por: Luisa Rodrigues

A internet se tornou essencial para conhecer novos lugares, fazendo com que ferramentas de localização, basicamente, se tornassem os melhores amigos dos viajantes, tanto para descobrir o percurso quanto para selecionar quais museus estão próximos para visitar. As plataformas de tour virtuais são grandes aliados para revisar memórias das obras preferidas ou até como forma de atualizar os registros das peças.

Com a quarentena, a internet tem sido, ainda, de grande ajuda na acessibilidade à cultura. Diversos museus internacionais possuem em seus sites a opção de visitas virtuais, incluindo suas principais obras de arte, contando com adventos como, por exemplo, o Google Arts & Culture, em que o visitante pode conhecer as obras com detalhes, tendo direito ao ‘zoom‘ com imagens famosas e, principalmente, sem filas e gratuitamente. Com isso, é oferecida a grande oportunidade de conhecer museus renomados e enriquecer seu repertório sobre arte, além de viajar por vários países da Europa. Confira abaixo algumas opções:

Museus do Vaticano, Roma – Itália 

Crédito: bonsventosmelevam

Os Museus do Vaticano são conglomerados de museus que foram criados no ano de 1503, sendo um dos principais complexos do mundo. Com suas longas filas e corredores exaustivos, o Museu do Vaticano já reúne obras de arte por séculos na história da arte. Por isso, a visita virtualmente é bem mais tranquila para aproveitar minuciosamente os belos salões e apreciar com calma cada detalhe da famosa Capela Sistina, obra com participação de Michelangelo. Artistas como Leonardo Da Vinci, Caravaggio, Rafael e outros também fazem parte do acervo do Museu, o qual você pode visitar por vídeos e em fotos 360º. Os idiomas disponíveis no museu virtual são inglês, francês, italiano, alemão e espanhol.

Leonardo Sanfilippo- visitante museu Vaticano

British Museum – Londres, Inglaterra

Crédito: turismo.eurodicas

Um dos museus mais antigos do mundo, o British Museum foi aberto em 1753 e possui mais de oito milhões de objetos guardados, sendo o primeiro grande museu público, secular, nacional e gratuito em todo o mundo, além de ser um grande marco no estabelecimento da museologia. Na visita virtual, você poderá apreciar com zoom peças como a famosa Pedra de Roseta, um pedaço de granito que foi encontrado em 1799 no Egito e foi essencial para o entendimento dos hieróglifos.   Além disso, você também tem acesso a coleções da antiguidade do Oriente Médio, Grécia e Roma. Por meio do Google Arts & Culture, você pode realizar a visita e passear pelo seus corredores.

Giovana Calagrossi, estudante de Direção de arte

Museu Arqueológico de Atenas –  Atenas, Grécia

Crédito: viajonarios

Um dos museus mais importantes para pré-história e antiguidade, o Museu Arqueológico de Atenas tem em seu acervo adornos da Acrópole de Atenas preservados, tal como múmias e máscaras funerárias egípcias. No site do museu, que também está disponível em inglês, você terá acesso a fotos e descrições das coleções e exposições. Já no Google Arts & Culture, você poderá visitar os seus corredores como se estivesse lá. 

Giovana Calagrossi, estudante de Direção de arte

Casa de Anne Frank, em Amsterdam

Crédito:universoretro

Se você conhece a história de Anne Frank, com certeza essa visita precisa que você prepare seu coração. O Museu Casa de Anne Frank relata a história da menina judia que se refugiou com a família na casa de vizinhos na invasão nazista aos Países Baixos, em 1942. Na visita virtual, é possível assistir a diversos vídeos sobre a vida de Anne Frank e seu diário. O visitante pode ver a sala que foi o esconderijo dela e da família por mais de dois anos durante a Segunda Guerra Mundial, além da casa onde moravam antes da guerra.  Uma dica: Se você tem óculos de realidade virtual, tem uma sessão especial para isso e está disponível em português. Os idiomas disponíveis no museu virtual são inglês, espanhol, holandês e alemão. Uma galeria especial também encontra-se disponível em português e outras 19 línguas. O museu também pode ser acessado pelo Google Arts & Culture.

Lara Pacini, estudante de cinema


Museu do Louvre, Paris – França

Crédito: respirefrances

O Museu do Louvre é um dos mais visitados de todo o mundo e o maior da França. Com mais de 35 mil obras de arte em exibição permanente, entre elas antiguidades egípcias, antiguidades orientais, antiguidades gregas romanas, pinturas, esculturas e muito mais.

Com a visita virtual, você vai poder apreciar as obras de arte em alta resolução e com riqueza de detalhes. Basta instalar o reprodutor de multimídia no seu computador, caso você ainda não tenha. O museu virtual está disponível nos idiomas francês, inglês, espanhol, dentre outros.

Idries Bulkool, estudante de Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s