Depois de uma longa espera, o karatê finalmente fará sua estreia nas Olimpíadas de Tóquio 2020

Foto de Capa: Rebeca Doin

Por Armando Edra 

O karatê sempre foi considerado uma arte marcial focada na autodefesa e no equilíbrio da mente e do corpo. A modalidade era marginalizada pelo COI porque tinha diversos órgãos que a representavam e não apenas um, como a entidade pede, o que impedia sua inclusão nos jogos olímpicos. Porém, em 2016, o Comitê Olímpico Internacional aceitou a modalidade e, que estreará nas Olímpiadas de Tóquio 2020, adiada para este ano devido à pandemia global causada pela Covid-19.

Após um intenso processo político que resultou na criação da Federação Mundial de Caratê (World Karate Federation – WKF, em inglês), reconhecida pelo COI em 1999, houve a tentativa de inclusão nos Jogos de 2004, 2008, 2012 e 2016, todas sem sucesso. Porém, terminada as Olimpíadas do Rio, a arte marcial foi aprovada de forma unânime para ser uma modalidade nos jogos olímpicos na terra do sol nascente, local em que o karatê foi disseminado. 

Formato e regras 

Em Tóquio, a modalidade se dividirá em duas categorias (ou formalmente conhecidas como disciplinas): o kumite e o kata, que classificarão os atletas de acordo com o peso dos mesmos, como já é feito nas outras lutas. 

No kata é realizada uma simulação de luta na qual os atletas executam movimentos de ataque e defesa, dentre os 102 movimentos reconhecidos pela Federação Mundial de Karatê, e são julgados por fatores como força, velocidade, ritmo, equilíbrio, solidez, clareza e outros. Serão 20 karatecas no total, 10 homens e 10 mulheres, nesta categoria.

kumite é a luta real entre dois atletas, que se enfrentam em uma área de 8mx8m, e tem como objetivo acertar uma série de golpes na área alvo do corpo do oponente. O ganhador será aquele que acumular oito pontos a mais que o seu adversário durante a luta, ou que conseguir mais pontos no tempo designado de três minutos. 

Para as Olimpíadas, na categoria kumite, serão 10 vagas por categoria (três categorias de peso cada: masculino -67 kg, -75 kg, + 75 kg e feminino -55 kg, -61 kg, + 61 kg) com uma vaga já reservada ao país sede da edição. Cada país poderá ter apenas um atleta por categoria, totalizando no máximo 8 atletas no geral. Das 9 vagas restantes, 4 são provenientes do ranking olímpico, às quais o mundo todo concorre. Outras 3 vagas são decorrentes dos eventos classificatórios de cada categoria, realizados previamente, nos quais cada país manda os seus representantes. E as últimas 2 vagas são continentais, nas quais cada continente utiliza de critérios próprios para escolha. A corrida para as vagas se encerrou no dia 6 de abril de 2021.

LISTA DE CLASSIFICADOS

Porém, ainda ocorrerá o Pré-Olímpico em Paris, de 11 a 13 de junho, que irá funcionar como uma repescagem mundial para a Olimpíada de Tóquio. Assim, todos os países sem caratecas classificados poderão inscrever um representante por categoria. A competição será disputada em eliminatórias simples, e os caratecas que forem eliminados disputam outras duas vagas na repescagem. Esses quatro atletas (os dois finalistas da primeira etapa e os dois classificados da repescagem) lutarão no sistema “todos contra todos”. Ao final do embate, os três melhores ficarão com a vaga nas Olimpíadas de Tóquio 2020. 

Local 

As lutas do karatê serão realizadas no Nippon Budokan, conhecido como o lar espiritual das artes marciais japonesas, e originalmente construído para eventos de judô nos Jogos Olímpicos de 1964. A lista completa dos locais de competição você pode acompanhar nesse link, que traz um panorama completo sobre os jogos!

O Nippon Budokan é considerado um local sagrado para os praticantes de artes marciais.

Calendário

Douglas Brose (- 75kg) de 35 anos e Valéria Kumizaki (- 55kg) de 36 anos são dois dos atletas mais vencedores da história do Karatê brasileiro. Douglas foi bicampeão mundial e ganhou quatro medalhas em Jogos Pan-Americanos, já Valéria tem uma prata em Mundial, ouro em etapa do circuito internacional e quatro pódios em Pans com dois ouros, em Toronto-2015 e Lima-2019. Os dois atletas integram o Time Ajinomoto e surgem como boas apostas de medalhas para o Brasil em Tóquio 2020. Entre 11 e 13 de junho, eles disputam o Pré-Olímpico Mundial de Paris e não pretendem deixar a vaga olímpica escapar de suas mãos.

Os dois caratecas já provaram que são fortes candidatos na luta pela medalha de ouro.
Crédito: Geoff Burke-USA TODAY Sports.

Outros favoritos 

Entre os favoritos da modalidade, é fato que os espanhóis são os adversários a serem batidos. Eles estão no topo do ranking mundial do kata tanto no masculino quanto no feminino e contam com Sandra Sánchez, considerada a “melhor carateca de todos os tempos” e Damián Quintero como prováveis medalhistas. 

Sánchez, 39 anos, foi Campeã Mundial em 2018, pentacampeã europeia, e acaba de entrar para os livros de recordes como a karateca com o maior número de medalhas na história do circuito internacional. 

Sempre alegre e muito humilde, Sandra Sánchez tem o espírito de uma verdadeira campeã. 
Crédito: WKF/Divulgação. 

Outra atleta que merece ser destacada é a japonesa Kiyou Shimizu, bicampeã mundial e tricampeã asiática, que contará com o apoio da torcida para superar Sandra Sánchez. 

Um comentário sobre “Depois de uma longa espera, o karatê finalmente fará sua estreia nas Olimpíadas de Tóquio 2020

  1. soniaclecio1@gmail.com
    Por que o Karatê não foi tão bem vindo na aceitação das lutas marciais em 2021? Qual o critério usado para a sua presença nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021. É bem verdade que Kiyou Shimizu tem mais originalidade do que Sandra Sánchez? Clécio Carvalho, grande admirador do Karatê raiz japonês.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s