Prepare o coração pois os Jogos Olímpicos de Verão Tóquio 2020 vão começar!

Foto de capa: Rebeca Doin.

Por Idries Bulkool 

A 32ª edição dos Jogos Olímpicos de verão vai começar. Adiadas oficialmente no dia 24 de março de 2020, por conta da pandemia da COVID-19 que se espalhava pelo mundo, Tóquio vai, enfim, receber este que é o maior evento esportivo do planeta. Começando nesta sexta-feira, dia 23 de julho, o evento vai até o dia 8 de agosto, contando com 46 modalidades espalhadas em mais de 300 eventos, entre individuais e coletivos. 

Crédito: Idries Bulkool.

Tóquio 2020 

A cidade de Tóquio, no Japão, recebe pela segunda vez uma edição de Jogos Olímpicos. Em 1964, a cidade foi responsável por realizar a primeira Olimpíada televisionada via satélite. Atualmente a maior metrópole do mundo, com quase 38 milhões de habitantes, a cidade japonesa receberá atletas representando cerca de 206 países diferentes, com um efetivo de participantes em torno de 12.750 competidores. 

Crédito: Idries Bulkool.

Brasil em jogos olímpicos 

A primeira ida de atletas brasileiros a uma edição de jogos aconteceu apenas em sua 6ª edição na era moderna, em 1920 na Antuérpia, Bélgica. Embora os quase 25 anos até estrear, o Brasil já abriu sua participação com três medalhas olímpicas, todas no tiro esportivo. O grande destaque foi o atirador Guilherme Paraense, que conquistou o 1º ouro brasileiro na prova de pistola rápida de 25 metros. Se quiser conhecer melhor essa figura olímpica marcante, basta clicar aqui.

Por outro lado, a primeira brasileira a participar dos Jogos Olímpicos foi Maria Lenk, apenas em Los Angeles, 1932. Vale ressaltar que ela tinha apenas 17 anos na época, quando competiu nas provas de 100 metros livres e 200 metros peito pela natação. A história dessa grande figura você também pode conferir mais a fundo clicando nesse link

Atletas em Tóquio 2020.1 

Desfile da delegação brasileira com o nadador Thiago Pereira sendo o porta bandeira.
Foto: Jonne Roriz/COB. 

Para esta edição dos jogos, o Brasil será representado por 304 atletas ao todo. Este é o maior número de uma participação brasileira em jogos fora do território nacional, ultrapassando os 277 participantes em Pequim 2008. Só fica atrás das Olimpíadas do Rio já que nessa oportunidade o país teve direito a diversas vagas como país sede. 

Sede por medalhas 

O Brasil vai para Tóquio em busca de quebrar o recorde de medalhas conquistadas em uma edição de jogos, quando no Rio foram conquistadas 19 ao todo. Graças a introdução de novas modalidades no programa olímpico, com foco no Surfe e Skate que terão representantes brasileiros fortes, a busca pelo outro também pode bater o recorde de 7 douradas do Rio. Vale lembrar que, na história, o Brasil já conquistou 129 medalhas olímpicas. 

Recordes verde e amarelo 

O Brasil possui dois recordes olímpicos que perduram até esta edição de Olimpíadas. O mais antigo pertence a César Cielo, que inclusive é o único medalhista de ouro da natação brasileira. Ele atingiu a marca de 21 segundos e 30 centésimos na Olimpíada de Pequim, em 2008. Mais recentemente, no Rio em 2016, Thiago Braz se tornou recordista no salto com vara ao alcançar a marca de 6,03 metros, além de ter levado o ouro olímpico da prova. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s